NTU: Divinópolis voltar com imposto que aumenta “passaginha” é ir na contra-mão das outras cidades

Postado em 01/10/2018 10:09

O apresentador Sílvio França, conversou na manhã desta segunda-feira, via skype, com o Presidente da Associação Nacional das Empresas do Transporte Urbano , Dr Otávio Vieira Cunha Filho, que na oportunidade explicou que a volta do CGO, imposto de gerenciamento cobrado das empresas de transporte coletivo, coloca Divinópolis na contra mão de outras cidades brasileiras.

A cobrança pode elevar o preço da tarifa do serviço, em 20 centavos, o que penaliza principalmente os usuários de baixa renda. Ele destaca que em todo o país existe um movimento que tem por objetivo abaixar o valor da “passaginha” já que o transporte coletivo é a principal alternativa para se ter mobilidade urbana. Em várias cidades o poder público está subsidiando o custo para baratear para os usuários enquanto em Divinópolis pretende-se aumentar o valor.

Ele deixa claro que isto vai para a planilha de custos do serviço e que quem anda de ônibus, vai sim pagar mais caro se a vontade do Prefeito Galileu for levada adiante.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics