Diretor do Censuk diz que crescimento de Zema não é “assustador”

Postado em 07/10/2018 18:30

Durante a participação na mesa-redonda da TV Candidés para as Eleições 2018, o diretor do Instituto Censuk, João Cenzi, que analisou o crescimento do candidato ao governo de Minas pelo partido Novo, Romeu Zema. Em pesquisa boca de urna, divulgada pelo Ibope, o empresário aparece como líder, com 41%.

Segundo o diretor, a surpresa começou na terça-feira (2), ao pedir votos para João Amoedo (Novo) e Jair Bolsonaro (PSL) para presidência nas considerações finais do debate realizado pela TV Globo com os candidatos ao governo do Estado. “O diretório nacional puxou a orelha dele e o estadual disse que foi erro de interpretação. Só que isso não foi uma coisa feita porque ele quis fazer. Foi um gesto bem estudado. Ele vinha com 10% de intenção de voto. Na outra pesquisa, ele passou a 15% e na de ontem passou para 19. Essa pesquisa do Datafolha não é assustadora. O salto do Zema, sem dúvida, que ele ia tirar o Pimentel do segundo turno era quase certo. O que surpreende é ele ter ficado a frente do Anastasia”, analisou.

Cenzi ainda mostrou números de outros institutos, que reforçam a tendência de crescimento do empresário e a “curva em alta” de Zema.  “Nós temos alguns números que mostravam a possibilidade do Zema tirar o Pimentel do segundo turno, isso desde ontem”. 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics