Publicidade

Justiça nega pedido de adiamento do ENEM em Minas Gerais

Postado em 15/01/2021 19:22

 

A Justiça negou nesta sexta-feira, 15, um pedido do Ministério Público Federal (MPF) para adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em Minas Gerais, devido ao avanço da Covid-19 no Estado.

Advertisement

A decisão foi da juíza federal substituta Rosilene Maria Clemente de Souza Ferreira, da 16ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária de Minas Gerais (SJMG), que afirma que não vislumbra “qualquer ilegalidade ou condutas abusivas ou juridicamente inadequadas que possam impedir a realização do exame”. A magistrada ainda disse que “a pandemia do novo coronavírus não é nova, tampouco a ciência por parte do povo do agravamento do surto no Brasil”.

O MPF argumentou que há “insegurança quanto à realização do exame presencial na data designada”, e ressaltou “a segunda onda de contaminações que vem assolando o Brasil nas últimas semanas”. O órgão alegou, também, que há ausência de “um plano concreto de execução dos protocolos de segurança que serão adotados nos dias da realização presencial do ENEM”.

Ainda, pontuou que “as datas escolhidas arbitrariamente pelo MEC não correspondem à vontade expressa pelos estudantes em enquete virtual realizada em 2020, para que a prova fosse realizada em maio de 2021”.

Rosilene defendeu que a contraposição entre o direito à vida e à saúde que “se contrapõe ao direito à educação”, na análise do MPF, “não se encontra devidamente dimensionado”. Ela afirma que “desde o início da pandemia, os protocolos de segurança vem sendo observados em todos os eventos de caráter oficial, não sendo o caso de aqui comparar o certame às aglomerações de festas de final de ano”.

“Até que se prove o contrário, detém o Poder Público condições de realização das provas com a tomada de todos os cuidados e precauções que o evento exige, de onde se pode extrair que os direitos mais preciosos protegidos pela nossa carta constitucional encontram-se sob responsável cuidado”, conclui.

As provas do Enem 2020 estão previstas para os próximos dois domingos, 17 e 24 de janeiro, na versão impressa. Mais de 5 milhões de inscritos são esperados em todo o país para a realização do exame.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!