Instituto Helena Antipoff em Divinópolis abre vaga para educador social - Portal MPA

Publicidade

Instituto Helena Antipoff em Divinópolis abre vaga para educador social

Postado em 07/12/2021 13:18

O processo seletivo obedecerá a análise curricular, consubstanciada na qualificação técnica, experiência profissional e entrevista.

O Instituto Helena Antipoff (IHA) de Divinópolis abriu processo seletivo para contratar um educador(a) social. A carga horária de trabalho é de 20 horas semanais, de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h. As inscrições já estão abertas e terminam em 20 de dezembro. A remuneração segue os valores de mercado.

Para se inscrever, o candidato deverá encaminhar currículo para o seguinte endereço: Rua do Cobre, 697, Niterói, Divinópolis, CEP 35.500-227. Se preferir, por e-mail: ihadivinopolis@gmail.com. Os resultados serão divulgados dez dias após o término da inscrição.

A função envolve: execução de serviços relacionados à educação especial e planejamento de atividades socioeducativas, de convivência e socialização nas oficinas da instituição, visando à atenção, defesa e garantia de direitos e cumprimento dos deveres, bem como a proteção aos indivíduos com deficiência intelectual e múltipla.

A qualificação exigida é 3º grau completo, com curso de pedagogia ou normal superior, com pós-graduação em educação especial. Há, ainda, a necessidade de curso de especialização de 120h e outros cursos na área da educação especial, além de habilidades e formações na área de artesanato.

O processo seletivo obedecerá a análise curricular, consubstanciada na qualificação técnica, experiência profissional e entrevista. A classificação será definida através do somatório dos pontos obtidos nas três etapas.

Em caso de empate no resultado final, serão utilizados os seguintes critérios para desempate, sucessivamente: comprovação de maior tempo de estágio ou de voluntariado na instituição e comprovação de maior tempo de experiência na área de atuação, além da maior idade.

O presidente do IHA, Juliano Vilela, convocou os profissionais a enviarem seus currículos. “Se você tem interesse e se encaixa no perfil que buscamos, envie seu currículo. Além de ser uma oportunidade de emprego, é também uma atividade muito gratificante poder ajudar as pessoas com deficiência”, destacou.

Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade