Estudantes ocupam E.E. Martin Cyprien e relatam problemas no primeiro dia

Postado em 02/11/2016 13:27

A União Estudantil Divinopolitana (UED) confirmou na noite da última terça-feira (1º), que após uma assembleia realizada na Escola Estadual Martin Cyprien (Polivalente), no bairro São José em Divinópolis, foi aprovada a ocupação da escola. A ocupação tem o mesmo objetivo das demais no município, contra a instituição da PEC 55, que limita os gastos públicos por 20 anos e a reforma do ensino médio. Em contato com a reportagem, o presidente da UED, André Luis informou que a ocupação estava prevista para iniciar nesta quarta-feira (2). Ainda de acordo com a UED, apenas a Escola Estadual Manoel Corrêa Filho, no bairro Planalto continuava ocupada antes da definição da E.E. Martin Cyprien.

De acordo com o estudante Rhuan Ricardo, a ocupação foi definida após 55 votos favoráveis contra 49 contrários. A escola foi ocupada após 12h da assembleia, como permitido. No entanto, de acordo com os alunos, houve um problema relacionado a distribuição das chaves da instituição. “Foi liberado apenas o refeitório, algumas salas, os corredores, pátio e a área da frente da escola. Porém o reponsvável pelos portões da escola, que são três portões, ele não quis dar a chave para a gente. Ele se recusou a dar a chave, mesmo a gente correndo risco aqui e sabendo que vai ter aluno dormindo aqui a noite, ele não quis dar a chave”.

Ainda de acordo com o presidente da UED, além da ocupação na E.E. Martin Cyprien, uma votação estava sendo realizada de sala em sala da Escola Estadual Dona Antônia Valadares no Centro, para que os alunos decidam se são favoráveis ou contrários a ocupação. Na quinta-feira (3), alunos da Escola Estadual Engenheiro Pedro Magalhães realizarão assembleia para definir se ocupam ou não o local.

 

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com