Publicidade

Prévia da inflação oficial sobe 1,06% em dezembro e fecha 2020 em 4,2%

Postado em 22/12/2020 14:20

Impulsionado mais uma vez pelo aumento no preço dos alimentos, com variação de 2%, o IPCA-15, considerado prévia da inflação oficial do país, subiu 1,06% em dezembro, após avanço de 0,81% em novembro. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (22) pelo IBGE.

Com o resultado, o índice fechou 2020 com aumento de 4,23%, acima da meta de 4% estipulada pelo governo. Trata-se também da maior taxa anual desde 2016. No ano passado, o IPCA-15 acumulou avanço de 3,91%.

O IBGE informou que os preços de alimentação e bebidas tiveram variação de 2%.  O grupo também respondeu por um impacto de 0,42 ponto percentual no índice geral e encerrou o ano com um avanço acumulado de 14,36%, maior nível de 2020. 

No lado das altas, destaque para as carnes, o arroz e as frutas. Entre as quedas, os destaques foram o tomate, o alho e o leite longa vida. A segunda maior variação, de 1,5%, veio do grupo Habitação, que contribuiu com 0,23 ponto percentual no índice do mês. A principal influência, neste caso, foi o reajuste nas tarifas de energia elétrica. 

Já o grupo de transportes, que acelerou 1,43%, apresentou o segundo maior impacto, de 0,29 ponto percentual. A maior contribuição veio das passagens aéreas, que subiram 28,31%.

Ainda segundo o IBGE, todas as regiões pesquisadas apresentaram alta, sendo o menor resultado registrado em Brasília, reflexo da queda nos preços da gasolina, e o maior em Porto Alegre, influenciado pelas altas na energia elétrica e nas carnes.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!