Publicidade

Divinópolis recebe recomendação de permanecer na onda amarela

Postado em 10/09/2020 19:35

A Superintendência Regional de Saúde emitiu um documento com a recomendação do Comitê Macrorregional para que os municípios sigam a onda amarela, definida para a Macrorregião Oeste. Tanto o Comitê Estadual quanto o local deverão considerar esse documento em suas análises, embora ainda nada esteja definido quanto ao futuro de Divinópolis. Vale lembrar que a cidade entrou no Minas Consciente com 11 pontos (suficiente para estar na verde), hoje soma 12, ainda suficiente para estar na verde. 

O Comitê Macrorregional Oeste de Enfrentamento da COVID-19 esclarece que a Macrorregião Oeste permanece na Onda Amarela na avaliação mais recente do programa Minas Consciente, bem como seis das oito microrregiões que compõem o território.

As duas microrregiões que se encontram em ondas diferentes são Itaúna, na onda vermelha, e Divinópolis, na onda verde. Desde a atualização do Programa Minas Consciente, o Governo de Minas divulga os dados por macrorregiões e por agrupamentos de microrregiões. Entretanto, a deliberação do Comitê Extraordinário continua orientando o estado em termos de macrorregiões.

Dessa forma, ainda que a microrregião de Divinópolis esteja com indicadores em situação esperada, o Comitê Macrorregional entende que os municípios devem seguir a onda amarela, definida para a Macrorregião Oeste. Cumpre destacar que os municípios têm autonomia para adotar medidas mais restritivas do que as definidas na onda em que se enquadram, em consideração a especificidades locais/regionais.

Em outras palavras, caso um município avalie risco de desassistência aos pacientes, seja por um aumento nos casos, redução da capacidade assistencial ou indisponibilidade de insumos, por exemplo, ainda que se encontre em uma onda menos restritiva, deve avaliar o estabelecimento de restrições complementares.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!