Publicidade

Confira setores da economia que mais sofreram impactos nesse período de pandemia

Postado em 26/08/2020 11:30

O Brasil vivencia um momento singular devido a pandemia que tem impactado diversos setores da economia, provocando mudanças no cenário, com aumento considerável no número de desempregados.  Apesar de Minas Gerais ter registrado saldo positivo na geração de emprego no mês de junho, Divinópolis perdeu mais vagas, apresentando saldo negativo de 163 postos de trabalhos.

Os Dados do Caged mostram que o estado criou de 1.795 postos de trabalho em junho. O número resulta da diferença entre 99.430 admissões e 97.635 desligamentos, com destaque para o setor da construção civil. Nesse mesmo mês, o Brasil perdeu 10.084 postos de trabalho. 

Resultados do 1º semestre:

Em análise feita pelo Sincomércio, Divinópolis registrou um saldo negativo de 2.269 vagas de emprego com carteira assinada, no primeiro semestre de 2020. Esse número representa a diferença entre 11.991 demissões e 9.722 contratações. Somente o setor do comércio em Divinópolis, no primeiro semestre de 2020, perdeu 1.194 postos de trabalho e o setor de serviços registrou saldo negativo de 467 vagas.

Impactos da pandemia:

Entre os meses de março a junho, período crucial da pandemia, o impacto foi grande, Divinópolis totalizou 2.717 vagas de emprego perdidas. O comércio varejista foi o mais impactado, o setor registrou um saldo negativo de 962 vagas de empregos formais no período.

.

 

Saldo do mês de Julho de 2020:

O Sindicato do Comércio (Sincomércio) divulgou o saldo de emprego e desemprego, dos setores da agropecuária, comércio, construção, indústria e outros serviços, durante o mês de Julho, em Divinópolis, nesse período de pandemia. De acordo com o gráfico disponibilizado pelo Sindicato, o setor de agropecuária admitiu e desligou o total de 8 pessoas, ou seja saldo permaneceu 0. Já em relação ao comércio os admitidos foram 464 e desligados foram 413, sendo saldo 51.

A construção teve 124 admitidos, 143 desligados, sendo saldo -19.  O setor industrial foram admitidos 391 e desligados 310, sendo 81. Demais serviços, foram 484 admitidos e desligados 511, sendo -27. O total de empregados no mês de Julho foram 1.471, e desligados 1.385, sendo saldo final 86.

 

 

.

 

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!