Cerca de 40% das prefeituras do Estado não estão em dia com servidores

Postado em 04/04/2016 7:57

Servidores municipais de Divinópolis estão em greve desde a última segunda-feira (28)

Servidores municipais de Divinópolis estão em greve desde a última segunda-feira (28)

Sete em cada dez municípios mineiros tiveram alguma dificuldade para pagar o 13º de 2015, segundo levantamento feito pela Associação Mineira de Municípios (AMM). “Com a crise, 40% das prefeituras do Estado não devem conseguir pagar os salários dos servidores em dia. Isso acontece porque as despesas subiram, em média, 18%, mas os repasses estão caindo, e a receita está estável”, justifica o presidente da AMM, prefeito de Pará de Minas, Antônio Júlio (PMDB).

Em Sete Lagoas, na região Central, além do 13º atrasado, os salários também estão sendo pagos fora da data desde dezembro. No dia 20 de abril, por exemplo, está previsto o pagamento referente a fevereiro, para os servidores que recebem acima de R$ 2.500. “Eu já nem sei mais de qual mês é o salário que estou recebendo, pois estamos com atraso desde o 13º. A gente vem trabalhar desanimado, porque a população não tem culpa, mas é muito difícil”, afirma uma servidora que pediu para não ser identificada.

O prefeito de Sete Lagoas, Marcio Reinaldo Dias Moreira (PP), explica que, diante da redução dos repasses de verbas e do aumento das despesas, a prefeitura está sendo obrigada a fazer uma sangria no Orçamento. “Tapar buraco, fazer asfalto, está faltando dinheiro para tudo. Estamos fazendo todo tipo de engenharia possível. Na área da saúde, cortaremos em 70% o quadro de médicos que ficam de sobreaviso. Hoje, temos cerca de cem, e alguns ganham até R$ 16 mil.

Vamos manter esse plantão só para os casos de necessidade, como cardiologista e nefrologista. Com o corte, pretendo reduzir a folha de R$ 800 mil para R$ 300 mil”, diz.

Em Divinópolis, os servidores municipais entraram em greve desde a semana passada. Os trabalhadores reivindicam a recomposição das perdas da inflação nos salários e nesta segunda-feira (04) os educadores aderiram a greve.

.

Fonte: O Tempo

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com