Publicidade

BH também enfrenta problemas com o Minas Consciente

Postado em 08/08/2020 8:48

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) enviou na noite desta sexta-feira (7) uma recomendação à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) solicitando que o Executivo municipal siga o programa de flexibilização do comércio do Estado, o Minas Consciente. Com isso, a capital mineira teria que fechar imediatamente as atividades não essenciais, já que faz parte de uma região de Onda Vermelha com relação à pandemia de coronavírus.

Houve uma reunião entre o MPMG e a PBH  e não houve consenso. O prefeitura de BH deve se manifestar até a próxima quarta-feira (12), e o caso pode ir parar na Justiça. Em nota, a PBH informou que ocorreram algumas divergências em relação à flexibilização para abertura do comércio em Belo Horizonte durante a reunião com o MPMG, mas vai analisar a situação e encaminhar resposta ao órgão dentro do prazo estipulado.

A cidade de Divinópolis também encontrou problemas e um deles é o funcionamento das academias, o secretário municipal de saúde, Amarildo Souza pediu uma revisão do prazo estipulado para este segmento e aguarda-se uma análise do pedido, a resposta deve sair na quinta-feira (13).

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!