Terra treme outras duas vezes segundo moradores da região noroeste de Divinópolis - Portal MPA

Publicidade

Terra treme outras duas vezes segundo moradores da região noroeste de Divinópolis

Postado em 13/01/2022 16:06
Publicidade

A população de diversos bairros de Divinópolis, mas todos da região noroeste da cidade contam ter sentido dois novos tremores de terra, em um intervalo de cinco minutos, foram dois tremores. Se confirmado, este será o segundo em menos de uma semana. A redação do Portal MPA está recebendo várias mensagens relatando o tremor de terra, veja alguns abaixo:

 

No site do departamento de Sismologia da USP , tem um local para cidadãos reportarem se:  

Sentiu um tremor? Deixe seu depoimento!

O mapa abaixo mostra os relatos reportados. Note que estes relatos podem ainda não ter sido associados e confirmados com tremores reais. Se você sentiu um tremor, pode deixar seu depoimento clicando no botão abaixo.

CLIQUE AQUI PARA VER AS INFORMAÇÕES RELATADAS NESTE MOMENTO NA USP SOBRE O RECENTE TREMOR DE TERRA

Até o momento os órgãos de sismologia não relataram nenhum abalo de terra na região de Divinópolis , abalo mais recente registrado no Brasil foi 10/01/2022 clique aqui para ver os últimos tremores registados no Brasil 

O site da Universidade de Brasília confirmou que sete estações de monitoramento, registraram o tremor da noite do dia 10 de janeiro e atingiu diretamente os bairros  Icaraí, Candelária, Lagoa dos Mandarins e região do Centro Industrial.

Não há informações concretas sobre o que teria causado o tremor. 

Epicentro do tremor registrado na noite do dia 10

 

O primeiro tremor de terra foi em Divinópolis dia 10/01/2022 as 20:13hs foi confirmado pelo Centro de Sismologia da USP , veja relato completo abaixo :

INFORME SISMOLÓGICO – TREMOR DE TERRA EM DIVINÓPOLIS/MG
Um pequeno tremor de terra ocorreu ontem, 10/Jan, às 20:13 (hora Local), perto de Divinópolis/MG, com magnitude 2,9 na escala Richter. O epicentro (20.13S 44.83W – estrela no mapa) foi determinado por estações da @sismologiabr (Rede Sismográfica Brasileira – RSBR) e da Rede Sismográfica da VALE (RSVL). A estação mais próxima está a 100 km de distância (Bom Sucesso/MG); por isso o epicentro tem uma incerteza de 5 a 10 km. Sua profundidade deve ser de poucos km, não sendo possível determinar com precisão.
A magnitude de 2,9 é pequena, mesmo em termos brasileiros. Pequenos tremores de terra podem ocorrer em qualquer lugar do Brasil, e se devem a movimentação em falhas ou fraturas geológicas na crosta terrestre. Uma magnitude de ~3 corresponde a movimentação de poucos milímetros numa fratura de ~300 m de comprimento que pode estar a alguns km de profundidade. A movimentação nessas fraturasse dá devido às pressões geológicas a que a crosta terrestre está submetida.
Pequenos tremores em Minas Gerais são mais frequentes do que a média brasileira, como se vê no segundo mapa (arraste para o lado). No passado, já ocorreram tremores de magnitude até quase 5 em Minas Gerais, principalmente na parte Norte do estado: São Francisco 1931 (m=4.9), Itacarambi 2007 (m=4.9), Montes Claros 2012 (m=4.0). sismos acima de 4, como esses anteriores, podem causar pequenos danos em algumas casas (trincas emparedes, queda de reboco e de telhas).  Sismos de magnitude 3 podem ser sentidos até 10 ou 20 km de distância.
Em Divinópolis, o último sismo de que temos registro foi em 11-Julho-1990 com magnitude 2.8,também sem nenhum dano relatado. Magnitudes abaixo de 4 raramente provocam algum dano e não são motivo para preocupação. Não há como prever a evolução da atividade sísmica, mas a chance de ocorrer novos tremores com magnitudes maiores é muito pequena.
Versão web do informe: http://sismo.iag.usp.br/
Se você sentiu esse ou outro tremor, deixe seu relato no nosso “Sentiu aí”: http://sismo.iag.usp.br/eq/dyfi

Em Divinópolis, o último sismo com registro na USP foi em 11-Julho-1990

Publicidade