Secretária repete fala do Prefeito e disse que não compraria Play Ball para a filha - Portal MPA

Publicidade

Secretária repete fala do Prefeito e disse que não compraria Play Ball para a filha

Postado em 27/05/2022 13:17
Publicidade

Primeira oitiva da CPI da Educação

Primeira oitiva da CPI da Educação

A primeira oitiva da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI da Educação para ouvir a Secretária de Educação afastada, Andréia Dimas, foi realizada na manhã desta sexta-feira (27). Um dos questionamentos feito durante oitiva pelo vereador Ademir Silva, para Andréia, foi em relação a aquisição do Play Ball.  Veja abaixo a pergunta do vereador Ademir e resposta da Secretária:

Você conhece todos os equipamentos adquiridos? E o play ball?

“Conheço os equipamentos adquiridos pelo catálogo. Sobre o play ball também conhecia esse equipamento pelo catálogo. O play ball não é para uma criança, e sim para a instituição. Para minha casa eu não compraria esse equipamento, porque eu tenho filha única e não tenho condições de fazer compra desse equipamento. O play ball é indicado especialmente para crianças com necessidades especiais. Ele é instrumento pedagógico, onde nós trabalhamos organização pedagógica. Uma criança com o play ball em casa não tem muito o que fazer com ele. E eu compraria o play ball novamente para as instituições. Entendo que o play ball é fundamental, mas se é adesão de ata, não cabe a secretaria de educação fazer este julgamento. Houve avaliação para compra do play ball, a nossa representante virá aqui no dia 07 e falará sobre essa escolha.  Fizemos essa aquisição e teve escola que fez até a aquisição a mais”, relatou Andréia.

 

 

Relembre reportagem sobre denúncia do valor do play ball:

De acordo com os dados apresentados no Programa Bom Dia Divinópolis exibido pela Minas FM, o processo licitatório que foi denunciado pelo vereador Ademir por suspeita de superfaturamentos em alguns produtos comprados em ata de adesão contou com algumas situações peculiares em seu desenrolar. Uma das compras efetuadas pela Prefeitura de Divinópolis por meio do PL contou com a aquisição de um brinquedo de área externa para as escolas municipais da cidade, o inusitado é  que se trata de um brinquedo pouco conhecido e utilizado em outras licitações pela empresa suspeita de fraude como forma de dificultar a busca por brinquedos similares e desta forma impossibilitar uma base de comparação de preços afim de se investigar o possível superfaturamento. 

Para quem não conhece, apresentamos o chamado “Play Ball Quádruplo“. Trata-se de um brinquedo semelhante a uma cesta de basquete, onde as crianças arremessam a bola por sua abertura superior em forma de cone e ao chegar em sua base a bola sai por uma das quatro possíveis saídas, permitindo que as crianças tentem adivinhar em qual das saídas a bola irá cair. Para ilustrar melhor o brinquedo segue abaixo uma das unidades instaladas em uma das escolas municipais de Divinópolis:

O brinquedo é composto basicamente de duas partes, o cone com as quatro saídas em plástico encaixada a um tubo metálico pintado de tinta preta que eh fixado ao chão e conta com uma altura de aproximadamente 2,5 metros. A compra deste brinquedo estimou a contemplação de duas unidade do Play Ball Quadruplo para cada escola municipal na cidade, totalizando 129 unidades compradas a R$ 9.990,00 cada um, sendo uma compra total de R$ 1.128.710,00 (um milhão, cento e vinte e oito mil reais, setecentos e dez reais). A compra gerou um ICMS de R$ 154.645,20.

Para se ter uma ideia da grandeza dos valores, com o valor desembolsado para a compra dos inusitados brinquedos seria possível comprar:

-16.109 Bolas de Futebol Campo Topper Slick

-11.287 Chuteiras Society Para Crianças Penalty Futebol Juvenil Kids

-5.130 Cestas Tabela De Basquete Kit Completo Ajustavel com Base

-10.749 Redes Vôlei 4 Lonas – Pentagol

-19 carros Renault Kwid Zen 1.0 Zero Km

O exemplo citado acima é apenas um dos vários pontos de dúvida que provavelmente serão levantados pela CPI que irá apurar se houve ou não irregularidades neste processo de compra. Diversos outros itens que são mais facilmente comparáveis também levantam dúvidas. Mesas de trabalho, gaveteiros e mesas de reunião compradas em grandes quantidades por exemplo apresentam variações de preço de ate 100% de preços de mercado de itens unitários encontrados no varejo de nossa cidade.

Secretária de Educação é a 1ª depor na CPI

 

Licitação na Educação comprou brinquedo de cesta por R$ 9.990,00 cada para escolas divinopolitanas

Publicidade