Publicidade

Galileu determinou o envio de notícia de fato ao Ministério Público a fim de que sejam apuradas as responsabilidades em razão da desinterdição

Postado em 21/12/2020 15:16

Prefeito Galileu

A Chefia do Executivo Municipal de Divinópolis, após relatos da Diretora de Vigilância em Saúde, do Secretário de Saúde e da Procuradoria-Adjunta – afeta às questões da COVID-19 – torna público que o ato de desinterdição do estabelecimento “Shopping Pátio Divinópolis” não observou os procedimentos legais de praxe e, de parte do Executivo, não houve qualquer interferência quanto à atuação dos agentes de fiscalização que ali atuaram, em nenhum momento.

O Prefeito Municipal determinou o envio de notícia de fato ao Ministério Público a fim de que sejam apuradas as responsabilidades em razão da desinterdição mencionada.

O estabelecimento em questão, em razão do seu alto grau de risco de transmissibilidade do vírus da COVID-19, estará, como outros de igual espécie, sujeito à intensificação das fiscalizações para o estrito cumprimento dos protocolos sanitários. Tal medida se aliará a todas as outras que a Secretaria Municipal de Saúde vem adotando diante do agravamento epidemiológico da COVID-19 no Município.

Na oportunidade, a Administração Municipal reafirma a necessidade de que todas as pessoas respeitem as regras estabelecidas para a proteção da vida e da saúde neste difícil momento sanitário, colocando-as acima de qualquer outro interesse.

Fechado por aglomeração, Shopping Pátio é reaberto após intervenção de prefeito eleito

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!