Eduardo Print expõe gasto de R$ 1,5 milhão da Prefeitura com materiais de baixa qualidade - Portal MPA

Publicidade

Eduardo Print expõe gasto de R$ 1,5 milhão da Prefeitura com materiais de baixa qualidade

Postado em 10/05/2022 9:46
Publicidade

 
 
As denúncias com os gastos relacionados à educação no fim de 2021 não param. Após revelar a compra de um brinquedo no valor de R$9.990,00 (algumas escolas receberam de três a quatro unidades), o vereador Eduardo Print (PSDB), Presidente da Câmara Municipal, divulgou em suas redes sociais um vídeo expondo documentos públicos que comprovam a aquisição de um laboratório de matemática no valor de R$49.096,70. Ao todo, foram adquiridos 30 kits, totalizando o investimento de R$1.472.901,00.

No vídeo, o vereador mostra a qualidade dos materiais entregues a algumas escolas municipais. “Eu sempre vou defender o investimento na educação. As crianças da nossa cidade merecem todo tipo de conforto e qualidade dos produtos que elas usufruem dentro das unidades de ensino. Mas o investimento precisa ser feito de forma responsável. Gastar quase um milhão e meio nesse kit é uma afronta. Assim como na compra do playball (brinquedo que custou R$9.900,00), não foi feita uma pesquisa de mercado para avaliar melhor essa compra”, afirma o vereador.

Recentemente, foi instaurada na Câmara Municipal uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para que sejam dados pareceres sobre essas compras. “As reuniões começaram na semana passada e, em breve, a comissão, que é presidida pelo vereador Josafá (CDN) ouvirá os envolvidos no caso para que os esclarecimentos sejam dados, não somente à Câmara, mas a toda população”, disse Print, reforçando que a abertura da CPI teve anuência do líder do governo. “Estão tentando descredibilizar a CPI antes mesmo de ela iniciar os trabalhos. A função do legislativo é essa: fiscalizar e cobrar soluções. Quando tentam virar o jogo, é porque sabem que há algo de errado”.

Para finalizar, o vereador reitera a importância de uma resposta urgente do executivo. “São materiais simples de madeira, papel e EVA. Quase R$50 mil em cada kit é uma irresponsabilidade com o dinheiro público. Isso dá muita munição para diversas interpretações da população que confiou seu voto numa gestão diferente”, conclui.

Eduardo Print expõe gasto de R$ 1,5 milhão da Prefeitura com materiais de baixa qualidade

Eduardo Print expõe gasto de R$ 1,5 milhão da Prefeitura com materiais de baixa qualidade

 

Publicidade