Confira detalhes do Boletim de Ocorrência sobre morte do segurança no Parque de Exposições - Portal MPA

Publicidade

Confira detalhes do Boletim de Ocorrência sobre morte do segurança no Parque de Exposições

Postado em 26/09/2021 12:29

Confira detalhes do Boletim de Ocorrência sobre morte do segurança no Parque de Exposições

Foto MPA/Confira detalhes do Boletim de Ocorrência sobre morte do segurança no Parque de Exposições

No Boletim de Ocorrência da Polícia Militar que foi acionada para atender o caso do segurança morto ontem (25/09), no Parque de Exposições, em Divinópolis, as testemunhas, incluindo o organizador do evento, relataram que o acusado P.H.L.F deu o soco que causou a morte do segurança Edson Carlos Ribeiro. O motivo conforme boletim, foi por que P.H. queria entrar em uma área restrita do evento e foi impedido pelo segurança, e que anteriormente ele estava urinando em um local público e teria sido advertido pelo mesmo segurança. O organizador da festa finalizou o seu testemunho dizendo que P.H sempre dá problemas em festas.  

BOLETIM DE OCORRÊNCIA POLICIAL

 “Durante recobrimento geral na cidade de Divinópolis/MG executando operação batida policial com o objetivo de conter e combater o cometimento de crimes violentos em especial os crimes de homicídios.

Advertisement

Após ser vinculado na rede radio (copom) que haveria uma vítima caída ao solo aparentando já estar sem vida após ter sido atingida por um soco por um dos frequentadores da festa que estaria acontecendo no interior do parque de exposições, deslocamos até o local onde deparamos com a vítima Edson Carlos Ribeiro caída ao solo sendo atendida por frequentadores do local que tentavam reanimá-lo.

Também nos foi repassado que P.H. estava contido no local por seguranças que aguardavam nossa chegada.

Durante nossa estadia no local ouvimos de diversas pessoas que P.H. apresentado a nós, seria o autor do soco que veio a causar o óbito da vítima.

A testemunha R.M. relatou-nos que estava na referida festa e no momento estava descendo a escada de acesso do camarote para o banheiro e pode presenciar o momento exato em que o P.H. desferiu um soco na região da fronte da vítima, tendo esta ficado meio zonza (cambaleando); que a vítima foi afastada por terceiros logo após ter sido atingida pelo soco, contudo, momentos depois viu que a vítima havia caída ao solo já aparentando estar inconsciente. Que neste momento presenciou o autor tentando fugir do local, sendo contido pelos demais frequentadores.

A testemunha P.R.M.S. também relatou que estava na referida festa e que no momento dos fatos se encontrava saindo do banheiro e dali pode presenciar o exato momento em que o acusado desferiu um soco na região da fronte da vítima, tendo a vítima já caído ao solo demonstrando já estar inconsciente.

A testemunha que apresentou-se como organizador da referida festa também relatou-nos que estava próximo ao acontecido e chegou de imediato ao local tendo informado que o acusado efetuou este soco na vítima após ter sido impedido de acessar a um dos ambientes da festa, ambiente este que era controlado por pulseiras de acesso; que o autor já havia sido advertido pela vítima momentos antes por estar urinando em local improprio. Afirmou ainda que o P.H é pessoa que sempre dá problemas em festas, arrumando brigas, encrencas, desavenças e confusões.

A testemunha I.E.O.S já informou-nos que trabalhava no referido evento, e viu o exato momento em que o autor em epígrafe de posse de um “soco inglês” desferiu um soco na região da face da vítima tendo esta de imediato já caído ao solo e em ato continuo o autor teria repassado esta arma para uma mulher que estaria ao seu lado, não sabendo identificá-la no momento.

A testemunha M.S.O. foi uma das pessoas que também frequentavam a referida festa e uma das primeiras a prestar socorro a vítima antes da chegada das unidades especializadas em atendimento (bombeiro e samu); informou-nos que é médica e por estar próximo ao ocorrido prestou os primeiros socorros, tendo ao final relatado ao Tenente que observou que no momento do atendimento especializado, ao se realizar a intubação a vítima aparentava sangramento na região da traqueia.

Ja em contato com o acusado este afirmou estar na festa contudo nega os fatos a ele imputados e alega não saber o motivo pelo qual está sendo preso.

Outras testemunhas durante nosso atendimento também foram categóricas em imputar a autoria dos fatos ao autor preso, contudo, temendo represálias não quiseram se apresentar como testemunhas arroladas em boletim de ocorrência.

A vítima em questão foi socorrida ainda nas dependências do parque de exposição, tendo sido feito todos os procedimentos necessários, contudo não resistiu e veio a óbito.

Testemunhas foram  qualificadas, Acusado preso e conduzido a Delegacia”.

Entenda como foi a morte do segurança, acusado é encaminhado à Delegacia

Agressão em evento no Parque de Exposições acaba em morte de segurança

 

 

.https://www.sistemampa.com.br/noticias/divinopolis/confira-local-do-velorio-e-sepultamento-do-seguranca-edson-carlos/

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade