Com 23 mortes confirmadas, Minas Gerais vive o maior surto de febre amarela de sua história

Postado em 20/01/2017 14:54

O balanço oficial divulgado nessa quinta-feira (19) aponta 206 casos notificados, 34 confirmados para febre amarela. Desses, 23 resultaram em morte, 15 a mais que os oito de balanço do dia anterior. Outros 31 óbitos seguem em investigação. 

Dois mil e dezessete já é o ano com maior número de casos no estado. Os anos de mais registros até então haviam sido 2001, com 32 casos da doença e 16 óbitos e 2003, com 28 casos e 21 mortes. Para que uma notificação receba confirmação para febre amarela, é necessário exame laboratorial positivo para a doença, exame laboratorial negativo para a dengue, constatação de ao menos três sintomas compatíveis e realização de exames complementares que indiquem disfunção renal e hepática. O alerta continua para a prevenção. 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com