Vereadores votam três projetos e discussão de reajuste do Diviprev fica pra depois

Postado em 04/06/2020 18:22

A Câmara de vereadores de Divinópolis retomou ontem as reuniões ordinárias. Ficou definido que todas as quartas, a partir das 8h da manhã, os vereadores devem se reunir. A Câmara também adotou um protocolo em relação ao recebimento da comunidade. Apenas uma pessoa pode entrar por gabinete. Na reunião de ontem, os vereadores cobram postura do município em relação ao enfrentamento do coronavírus.

A câmara municipal de Divinópolis já funciona normalmente, mas as reuniões ordinárias foram retomadas nessa quarta-feira. As reuniões estavam suspensas desde o dia 19 de março. Este ano, a câmara de vereadores já realizou 14 reuniões ordinárias.

Estavam na pauta do dia seis projetos. Três deles não foram votados, entre eles, está o que trata da adequação sobre percentuais de contribuição do DIVIPREV, passando dos atuais 11% para 14%. A discussão ficou para a próxima reunião.

Outro projeto discutido fala da proibição da capina química em algumas áreas do município. Foi votado o projeto de autoria do legislativo sobre a abertura e fechamento de valas nas ruas de Divinópolis. Foi apreciado ainda o projeto de lei que declara utilidade pública para associação começo, meio e fim, que desenvolve atividades na região do bairro vale do sol. A vereadora Janete Aparecida aproveitou a tribuna e fez duras críticas à forma como algumas pastas estão conduzindo a situação da pandemia.

Nessa reunião também foi discutida a manutenção do entorno das ferrovias que passam pela cidade. O último projeto a ser discutido, aprovado por 13 votos contra um, autoriza o município a alienar imóveis e conceder desconto em caso de concorrência.

Os projetos não apreciados nessa reunião serão discutidos ao longo do mês. A presença da população no plenário ainda é restrita devido a questões de segurança.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!