Vereador pede abertura de CPI para apurar contratação de empresa que gerencia UPA em Nova Serrana

Postado em 07/02/2019 17:06

A solicitação para abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito foi feita na reunião da Câmara desta terça-feira, 05 de fevereiro. As denuncias apresentadas para sustentação do pedido são de favorecimentos e esquemas de contratos relacionados a Organização Social que atualmente administra a UPA de Nova Serrana.

Durante o discurso o vereador Willian Barcelos (PTB) enfatizou que a empresa que hoje faz a gestão da unidade de saúde em Nova Serrana é investigada desde 2014. A OS Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus foi indiciada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. A OS responde na Justiça por precariedade em instalações e déficit de recursos humanos, ou seja, falta de mão de obra no Hospital Albert Schweitzer.

O processo foi aberto pela promotoria durante a operação Fartura Exposta uma sequência da operação Lava Jato. A medida tinha como meta apurar a participação de Organizações Sociais, que são organizações sem fins lucrativas contratadas para administrar unidades de saúde em possíveis esquemas de corrupção.  

No discurso feito na Câmara o vereador pede a apuração de alguns contratos firmados pelo município de Nova Serrana. Ele aponta a suspeita de um esquema de facilitação de contratos que variam de R$ 15 mil a R$ 18 mil por mês além de outros benefícios.  Outro ponto colocado pelo parlamentar foi a exoneração de servidores que abriram empresa própria e hoje são prestadores de serviço da unidade. Estes profissionais segundo Willian teria o mesmo escritório de contabilidade da OS que administra a UPA.

Apesar das denuncias apresentadas pela Câmara Municipal e também o pedido de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito a Secretaria Municipal de Saúde de Nova Serrana informou que todos os esclarecimentos serão feitos na tribuna livre do Legislativo na próxima reunião ordinária da Câmara.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios