Publicidade

Sindicato dos empregados nega pedido da CDL Divinópolis para abertura do comércio no feriado

Postado em 27/04/2021 18:19

 

A CDL Divinópolis e o Sindicato do Comércio Varejista de Divinópolis – Sincomércio solicitaram ao Sindicato dos Empregados no Comércio Varejista e Atacadista de Divinópolis – Sindicomerciários, um acordo coletivo para abertura do comércio de bens e serviços no próximo sábado, feriado de 1º de maio.

Advertisement

As entidades buscaram um acordo com o Sindicomerciários para celebração de uma Convenção Coletiva de Trabalho Emergencial, atendendo às reivindicações dos comerciantes, até que sejam concluídas as negociações para a celebração da Convenção definitiva de 2021.

No entanto, o sindicato dos empregados foi inflexível quanto ao pedido para o trabalho no dia 1º de maio.

De acordo com o Presidente do Sincomércio, Gilson Amaral, mesmo sabendo que o Sindicato dos Empregados não negocia o trabalho nesta data, o pedido foi feito entendendo que o momento é excepcional. “Devido a excepcionalidade do momento, insistimos através de diversas conversas diretas e do ofício. Infelizmente, mais uma vez recebemos uma resposta negativa”, relatou Gilson.

Com o retorno à onda vermelha, o funcionamento do comércio no feriado seria uma possibilidade de recuperar parte das perdas acumuladas e permitir um alívio no caixa das empresas, ainda que pequeno. Neste momento é preciso aproveitar todas as oportunidades e promover a circulação de recursos no município na tentativa de preservação das empresas e manutenção dos empregos.

Para o presidente da CDL Divinópolis, Heider de Freitas, tendo em vista a proximidade do Dia das Mães, o funcionamento do comércio no próximo sábado, seria uma boa oportunidade para recuperar parte dos prejuízos acumulados com as restrições impostas aos lojistas e prestadores de serviços, principalmente nas últimas semanas.

“Entendemos que o momento é delicado e requer união. Muitas empresas estão com banco de horas negativas e nesse sábado seria uma oportunidade de repor as horas pagas e não trabalhadas e recuperar parte dos prejuízos ocasionados pelo período em que ficamos impossibilitados de funcionar”, argumenta Heider.

Diante da negativa do Sindicato dos empregados, o comércio em Divinópolis no próximo feriado estará fechado.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!