Qual finalidade da secretaria de desenvolvimento que há vários anos não atrai empresa? Questionamento é feito na Câmara.

Postado em 11/03/2019 7:30

A falta de politicas públicas para incentivo empresarial foi um dos pontos colocados como causas do baixo desempenho. Na reunião da Câmara foram feitas criticas as gestões municipais que ao longo dos anos fizeram poucas ações para mudar a atual realidade.

A perda de espaço econômico em Divinópolis é comprovada por números. Os dados do Castro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostra que em janeiro deste ano Divinópolis fechou o mês com saldo negativo de 99 postos de trabalho. Foram 2.036 admissões contra 2.135 demissões. Em um comparativo com Nova Serrana da pra se ver a disparidade. A cidade vizinha fechou janeiro com saldo positivo de 812 vagas de emprego.  Foram 1315 admissões e apenas 503 demissões.

Durante o discurso na Câmara o vereador Marcos Vinicius (PROS) deu outro exemplo da morosidade. Segundo o parlamentar há cerca de 2 anos ele indicou para prefeitura uma empresa de calçados de Perdigão. A ideia era que ela montasse sede em Divinópolis. A proposta de criar 100 empregos diretos não saiu do papel e o projeto está parado.

Em outro trecho do discurso o vereador questiona os resultados da secretária de desenvolvimento econômico em Divinópolis. A pasta hoje é presidida pelo empresário José Alonso Dias. Marcos propôs a realização de um Fórum. O encontro seria uma maneira de discutir a possibilidade de subsídios e atrativos ficais para atrair empresas para o município.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!