Publicidade

Proprietário do Point Beer explica motivo de encerramento das atividades em Divinópolis

Postado em 04/06/2020 12:13

Diante da informação que o Point Beer em Divinópolis encerraria as suas atividades com 20 anos de existência no município, a reportagem do Sistema MPA de Comunicação entrou em contato com o proprietário do Point Beer, Cláudio Ricardo, na manhã desta quinta-feira (04), que falou sobre o assunto.

De acordo com Cláudio Ricardo, foram muitas alegrias, festas lindas e energias positivas que aconteceram no estabelecimento, mas também muitas coisas foram acontecendo na fase final, como é o caso de muitas casas noturnas que segundo ele, foram abrindo de forma irregular, sem nenhuma precaução, sem alvará de funcionamento; e como ele sempre trabalhou de forma regular, com todas as liberações e licenças em dia, seguindo normas de segurança,  impostos em dia, com isso, ele sentiu o seu trabalho desgastado. “O Point Beer chegou em sua página final. A linha de crescimento e de estabilização do Point já aconteceu. Por ele ser um estabelecimento pequeno eu fiquei restrito a alguns artistas, até mesmo artistas da cidade, também pela limitação de público. O Point era um lugar aconchegante e muitas foram as histórias que vivenciei ali e muitas foram as histórias de clientes que começaram ali, tiveram clientes que casaram no Point. Mas, para completar, nessa fase final também veio a pandemia, que foi a gota d´água”, afirmou Cláudio Ricardo.

O proprietário ainda relembrou as bandas que passaram pelo local e tiveram destaque a partir do momento em que pisaram no palco do Point. Além disso, Cláudio Ricardo citou que antes a população de Divinópolis não tinha diversão, não tinha muitos locais para passear e o Point estava ali para atender o público, e hoje a realidade é outra, são muitas casas noturnas instaladas no município.

Questionado se teria a possibilidade de abertura de um novo empreendimento, Cláudio Ricardo respondeu que ele já tem o Espettus, que fica localizado no bairro Bom Pastor, que vai completar 10 anos no final de Junho. Ele vai dedicar o seu tempo a partir de agora, ao Espettus.  “A historia linda do Point Beer já foi feita, acabou bonita e tranquila. Era a única casa de show que funcionava quinta, sexta, sábado e domingo. Vou guardar várias histórias de lá. Mas, Tudo tem início, meio e fim”, finalizou. Acompanhe abaixo a entrevista completa com Cláudio Ricardo:

Carla Mariela · Proprietário do Point Beer explica motivo de encerramento das atividades

Publicidade
Veja também
Noticias relevantes:
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!