Primeiro voo de Divinópolis para Belo Horizonte decola sem passageiros

Postado em 19/08/2016 9:54

Reprodução

Reprodução

Na manhã desta sexta-feira (19) decolou às 7 horas o primeiro voo saindo do aeroporto Brigadeiro Cabral (Divinópolis) para o aeroporto da Pampulha (Belo Horizonte). Informações não oficiais afirmam que a viagem oferecida em avião de pequeno porte, modelo Cessna Grand Caravan 208 B, levantou voo sem passageiros.

O voo inaugural que estava marcado para essa quarta-feira (17) foi cancelado devido a falta de vendas de passagens para iniciar a operação. Assim foi adiado para esta sexta, porém conforme informações extra oficiais, decolou sem passageiros.

Segundo informações divulgadas anteriormente, apenas uma passagem havia sido vendida para esta sexta, mas a assessoria do aeroporto Brigadeiro Cabral não confirmou quantos passageiros estavam a bordo da aeronave.

Em nota, a Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig) não esclareceu a solicitação do Sistema MPA de Comunicação acerca do número de passageiros:

Em atendimento à solicitação feita, informamos que o voo Divinópolis para Belo Horizonte desta sexta-feira, 19 de agosto, às 7 horas, teve procura pelos vouchers e foi confirmado. Os voos do Projeto de Integração Regional de Minas Gerais – Modal Aéreo (PIRMA) acontecerão a medida que houver a aquisição de vouchers pelos passageiros. A Codemig não disponibiliza informações parciais sobre a venda de vouchers. Outras informações sobre o projeto estão disponíveis no site www.voeminasgerais.com.br e no site www.codemig.com.br.

O Valor 

O preço dos vouchers do Pirma deve representar o principal impeditivo para quem deseja utilizar o serviço. A tarifa de Divinópolis/BH varia de R$160 a R$175, valor substancialmente mais caro que passagens de ônibus. Além disso, ao contrário das empresas aéreas comerciais, que ajustam o preço de acordo com a procura, no Pirma não vai haver flexibilização.

O que é o Projeto

Importante: trata-se da primeira fase do projeto.  Outros destinos estão sendo estudados e poderão ser lançados em breve.

Importante: trata-se da primeira fase do projeto.
Outros destinos estão sendo estudados e poderão ser lançados em breve.

O Projeto de Integração Regional de Minas Gerais – Modal Aéreo (PIRMA) é uma iniciativa da Codemig, em parceria com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas, para promover o desenvolvimento econômico regionalizado. Com o Projeto, doze cidades mineiras vão ter ligação aérea direta com a capital.

As viagens são oferecidas em aviões de pequeno porte, modelo Cessna Grand Caravan 208 B, homologados pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para o transporte de até nove passageiros. A companhia aérea que presta o serviço é a Two Táxi Aéreo, vencedora da licitação realizada pela Codemig.

As rotas e frequências dos voos foram definidas preferencialmente para cidades não atendidas pela aviação regular e a partir de uma pesquisa de mercado, que ouviu 2.100 pessoas em 31 municípios do estado, para identificar a demanda pelo transporte aéreo nessas localidades. Em uma segunda etapa, confirmada a sustentabilidade técnica e econômica do projeto, poderão ser incluídas novas localidades e ampliada a frequência dos voos.

O uso de aeronaves de pequeno porte para o transporte de passageiros e cargas é usual na região Norte do Brasil. Em Minas Gerais, a Codemig está investindo no empreendimento para estimular a cultura da aviação regional, com potencial para se tornar uma operação sustentável, capaz de fomentar o turismo e os negócios em todas as regiões do estado.

 

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics