Prefeitura de Divinópolis suspende pagamentos de mais de 300 servidores

Postado em 04/11/2019 8:24

A secretária municipal de Administração, Orçamento e Informação da Prefeitura de Divinópolis, Raquel Oliveira, publicou na quarta-feira (30) no Diário Oficial dos Municípios, a Portaria 308/2019, por meio da qual determina a suspensão do pagamento dos salários de outubro de 315 servidores municipais.

De acordo com a publicação, esses servidores não realizaram o cadastramento junto ao Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial). Esse sistema foi implantado pelo governo federal em 2014. Por meio desse sistema, os empregadores passarão a comunicar ao Governo, de forma unificada, as informações relativas aos trabalhadores, como vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento, comunicações de acidente de trabalho, aviso prévio, escriturações fiscais e informações sobre o FGTS.

A transmissão eletrônica desses dados, segundo o governo federal, simplificará a prestação das informações referentes às obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, de forma a reduzir a burocracia para as empresas. A prestação das informações ao eSocial substituirá o preenchimento e a entrega de formulários e declarações separados a cada ente.

PRAZO

De acordo com a legislação, os órgãos públicos deverão iniciar o envio das informações trabalhistas por meio do eSocial a partir de janeiro do ano que vem. Entretanto, há várias etapas a serem cumpridas, entre elas o cadastramento dos servidores.

Em Divinópolis, a Prefeitura realizou o chamamento dos servidores municipais para o cadastramento no período 16 de maio a 9 de agosto desse ano. Entretanto, apesar das publicações feitas por meio do Diário Oficial e de campanhas em cada um dos setores da Prefeitura, 315 servidores não compareceram para realizar o seu cadastramento. Diante disso, o município suspendeu o pagamento dos faltosos.

Ainda há tempo do servidor evitar ficar sem o seu salário de outubro. Para isso, deverá comparecer ao setor de recursos humanos da Prefeitura, para realizar o seu cadastramento. Caso não o faça, o pagamento ficará suspenso até que a medida seja adotada.

Dos 315 servidores que tiveram os salários suspensos, 168 são da Secretaria Municipal de Saúde, e 101 da Secretaria Municipal de Educação. O restante se divide pelas demais secretarias da Prefeitura.

Clique aqui e veja a relação dos servidores que tiveram o pagamento suspenso, além dos documentos necessários para realizar o cadastramento junto ao eSocial.

Foto: Sintram

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!