Publicidade

Prefeito faz ocorrência contra SINTRAM por causa de mensagem divulgada em carro de som

Postado em 10/08/2020 20:13

Prefeito Galileu

Prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, fez um Boletim de Ocorrência e vai tomar as medidas legais cabíveis contra o SINTRAM. Segundo a Prefeitura, o Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Divinópolis e da Região Centro-Oeste de Minas Gerais (Sintram) está tentando enganar a população com uma mensagem veiculada em um carro de som que está rodando a cidade.

O áudio fala que caso o projeto que autoriza a postergação dos débitos para o próximo ano seja aprovado vai faltar remédios na farmacinha, materiais de trabalho nos postos de saúde e escolas. O que não condiz com a verdade, segundo a Prefeitura.De acordo com a Prefeitura o fato é que a Lei 173/2020 possibilita aos municípios que possuem Regimes Próprios de Previdência Social (Rpps) a suspensão do pagamento de contribuições previdenciárias patronais e as prestações de acordos de parcelamento. A medida faz parte do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus.

A Prefeitura de Divinópolis optou por fazer essa postergação para manter em dia os salários dos servidores públicos municipais, que são peça fundamental na engrenagem econômica local. A queda de arrecadação em todo o País, devido a pandemia, está tornando inviável funcionamento da máquina administrativa. Para garantir a folha em dia, a alternativa aprovada pelo Governo Federal foi a possibilidade de parcelamento das contribuições previdenciárias patronais, no caso de Divinópolis, o Diviprev. Afinal, neste momento, é mais importante o dinheiro circulando do que aplicado em um banco.

O Prefeito de Divinópolis, Galileu Machado, solicitou que fosse lavrado um Boletim de Ocorrência e as medidas judiciais cabíveis serão tomadas para reestabelecer a verdade dos fatos.

Ouça o áudio transmitido pelo carro de som:

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!