Obra abandonada do Hospital Público pode se tornar transtorno para moradores da região

Postado em 10/11/2017 10:18

O Programa “Bom Dia Divinópolis” recebeu hoje o Presidente da Comissão de Saúde da Câmara, Vereador Renato Ferreira que falou de sua preocupação com a possibilidade de a obra paralisada do Hospital Público Regional ficar sem vigilância.

O contrato da Prefeitura com a empresa que presta serviço termina no final do mês de novembro e em carta enviada para o Governo do Estado o Prefeito Galileu já informou que o Município não consegue mais arcar com esta despesa.  Caso o Governo não assuma a responsabilidade pela vigilância, a obra ficará abandonada.

A possibilidade causa preocupação porque 70% da obra já está concluída e no local existem artefatos de valor como fiação, fechadura, vidro e outros que podem despertar o interesse de ladrões que poderiam depredar  o imóvel que foi erguido com recursos públicos.

Há ainda a preocupação de que com o abandono o local seja tomado por moradores de ruas e usuários de drogas, o que causaria muitos transtornos para os moradores da região, inclusive desvalorizando os imóveis.

Segundo o Vereador Renato Ferreira, uma possível solução seria um convênio com a EMOP para que o município ceda os rondantes para o local.  O parlamentar afirma que embora seja uma obra estadual, o impacto social da medida seria de responsabilidade do município. Confira a entrevista:

 

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com