Muito entulho ainda é encontrado na cidade que está prestes a ter uma epidemia de dengue

Postado em 12/02/2019 8:03

O mosquito da dengue não tem nenhum problema em encontrar moradia na cidade de Divinópolis. Apesar de outras epidemias, de grande parte da população já ter vivido no corpo os sintomas da doença, ainda a cidade não eliminou os risco de novos casos.

No sábado, somente nos bairros Alvorada, Bom Pastor, Liberdade e Padre Libério, o mutirão de limpeza de combate ao Aedes aegypti, recolheu quatro mil quilos de lixo: garrafas, vasilhas, pneus, móveis, eletrodomésticos e material inservível. Um caminhão de uma empresa de reciclagem também participou da ação, além da blitz educativa realizada no mesmo horário do mutirão, na ponte do bairro Niterói, com distribuição de panfletos e faixas de orientações aos motoristas que passaram pelo local.

Os mutirões continuarão durante todo o ano, sempre aos sábados, das 8 às 12 horas, nas principais ruas dos bairros onde há os maiores índices de infestação apontados pelo Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa). Região Nordeste registrou o maior índice (9,7%) acompanhada de Norte (7,7%), Central (7,1%) e Sudeste (6,2%). Essas regiões estão em situação de alto risco de epidemia. Já Oeste e Sudoeste registraram risco médio com 3,9% e 2,4%, respectivamente.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com