Publicidade

HSJD explica rotina de estoques de medicamentos na Instituição

Postado em 20/03/2021 15:40

Diante das informações sobre o cancelamento de medicamentos do kit de intubação em relação a Covid 19, realizado pelo Ministério da Saúde, informação esta, apontada pelo Conselho da Saúde; a reportagem do Sistema MPA entrou em contato com a assessoria do Hospital São João de Deus (HSJD), de Divinópolis, neste sábado (20), para saber se esses medicamentos estão em falta no hospital.

Segundo a assessoria do HSJD, atualmente o Complexo de Saúde São João de Deus não registra desabastecimento ou dificuldade na aquisição de oxigênio. As rotas para o fornecimento deste gás estão normais e o abastecimento dos tanques na instituição é realizado semanalmente.

Ainda de acordo com a nota, embora tenha reserva para até 7 dias, o hospital não descarta a possibilidade de ter rotas extras, apesar do aumento considerável no custo deste.

Advertisement

Sobre os anestésicos, a assessoria explicou que atualmente tem um estoque na instituição para atendimentos nos próximos 30 a 45 dias, aproximadamente. “Não tivemos dificuldades até o momento porque sempre mantivemos este estoque mais alto”.

Para ampliar o estoque, a assessoria ainda relatou que atualmente, a Instituição já está em fase de compra destes itens para ampliar ainda mais o estoque. “Infelizmente o custo aumentou bastante, mas nós estamos, graças às Emendas Parlamentares que recebemos, conseguindo realizar as compras para não comprometer o atendimento de toda a população. Importante destacar que o tempo de estoque relatado é baseado em uma ocupação hospitalar de mais ou menos 80%. Se mantivermos uma ocupação um pouco maior como atualmente, o estoque deve durar mais 20 ou 25 dias. Mas é importante ressaltar que já estamos constantemente realizando novas compras para manter este nosso estoque”.

A assessoria finalizou a nota, afirmando que em relação os insumos hospitalares, atualmente, o hospital está com estoque suficiente para realizar normalmente todos os atendimentos.

Ministério cancelou em agosto de 2020 compra de medicamentos do ‘kit intubação’, aponta Conselho de Saúde

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!