FIEMG se posiciona sobre saída do diretor e afirma que projetos em Divinópolis terão sequencia

Postado em 14/02/2019 10:46

Por meio de nota a Federação das Industrias de Minas Gerais se posicionou oficialmente sobre a saída do diretor da regional Centro-Oeste Marcelo Ribeiro. De acordo com o documento emitido pela FIEMG o diretor não será substituído. O cargo ficará vago.

Na nota a entidade fala que a saída do diretor foi comunicada diretamente ao presidente do Sistema FIEMG, Flávio Roscoe, na Sede da entidade, em Belo Horizonte. O documento traz também à justificativa.

Marcelo, que também é empresário do setor confeccionista, continua seu mandato à frente do SINVESD até agosto deste ano, podendo ser reeleito. De acordo com o empresário, o motivo da renúncia junto à Diretoria da FIEMG Regional Centro-Oeste é a necessidade de dedicação integral às funções do cargo, de forma voluntária, o que exigia que se ausentasse constantemente do seu negócio. Marcelo não será substituído.

O jornalismo do Sistema MPA de Comunicação entrou em contato por telefone com assessoria de comunicação em Belo Horizonte. O responsável pelo atendimento Trajano informou que o presidente não quis gravar entrevista, mas informou que a unidade continuará dando amparo ao setor na região. Quanto aos projetos de Divinópolis ele informou que todos serão mantidos e geridos pelo responsável da regional o vice-presidente Paulo Costa.

 

vice-presidente Paulo Costa Paulo Costa regional Divinópolis

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios