Fausto Barros é condenado por falsidade ideológica, mas Galileu afirma que ele pode voltar a Prefeitura ainda este mês

Postado em 17/01/2019 11:13

 

No início do mês de Janeiro, a reportagem do Sistema MPA de Comunicação, publicou a possibilidade do retorno de Fausto Barros, braço direito do prefeito Galileu Machado, para as atividades na prefeitura de Divinópolis. A informação foi confirmada pelo próprio chefe do executivo durante participação no Programa Bom Dia Divinópolis. Fausto deixou o governo no primeiro ano do mandato após ser afastado em uma ação do Ministério Público em conjunto com a Policia Civil.

Fausto sempre foi considerado pelo prefeito como um homem de confiança na execução das estratégias políticas. De acordo com o Galileu, o assessor especial pode voltar a ser servidor da prefeitura ainda este mês de Janeiro. Embora ele possa retomar os trabalhos, ele foi  acusado de ocupar o cargo de confiança do prefeito de forma indevida após ter fraudado uma declaração de idoneidade. Fausto foi  foi condenado por falsidade ideológica, em primeira instância. A sentença foi proferida no dia 19 de dezembro do ano passado e deverá ser publicada no dia 22 de janeiro.  Ele chegou a apresentar recurso, mas o recurso foi negado em dezembro de 2013.

A defesa alegou, durante a ação, que Barros ostentava certidão criminal negativa, na qual constava a existência da condenação de crime contra a administração pública, contudo sem trânsito e julgado. Alega que os autos aguardavam julgamento de recursos extraordinários interpostos pelo corréu.

Assim, alegou dolo em emitir declaração falsa sobre dado juridicamente relevante, uma vez que o trânsito em julgado da ação penal foi certificado nos autos em 23 de novembro de 2016, remetidos à origem no dia 21 do mesmo mês e recebidos na comarca em 01 de dezembro. Neste contexto, alegou não ter conhecimento do trânsito em julgado quando assumiu o cargo. Em uma nova condenação, Barros foi condenado a pena de um ano e nove meses de reclusão em regime semiaberto, além de multa por reincidência.

Para o Portal Divinews, Fausto Barros afirmou que as acusações contra ele por meio do Ministério Público, não procedem. A reportagem do Sistema MPA de Comunicação ainda não localizou o Fausto para saber o posicionamento dele diante a situação, mas tenta contato com ele e também com o Ministério Público para esclarecer mais detalhes deste caso. A qualquer momento mais informações.

.

 

RELEMBRE PARTICIPAÇÃO DO GALILEU NO BOM DIA DIVINÓPOLIS FALANDO SOBRE O RETORNO DE FAUSTO:

.

https://www.sistemampa.com.br/noticias/fausto-barros-pode-voltar-para-prefeitura-ainda-este-mes/

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com