Escritor divinopolitano lança livro sobre “familiares e histórias de família”

Postado em 05/11/2018 13:44

Escritor divinopolitano lança livro sobre "familiares e histórias de família"

Nelson Rodrigues escreveu certa vez que “a família é o inferno de todos nós”. Basta conviver de perto com pais, irmãos, filhos, tios, primos, enteados e todo o rol familiar para atestar a veracidade desse aforismo. Não por acaso, os tormentos mútuos daqueles que estão ligados pelos laços de sangue sempre foram e continuam a ser um dos assuntos mais recorrentes da criação literária. Este é o tema que perpassa todos os contos de “Desabraçar”, livro de Adriano de Paula Rabelo que a editora Patuá, de São Paulo, acaba de publicar.

O livro de Rabelo foi finalista do prêmio SESC de Literatura deste ano. Suas histórias envolvem conflitos, separações, reconciliações, perdas e ganhos de uma variada gama de personagens representativos: crianças, adolescentes, adultos e velhos, homens e mulheres, gente dos mais diversos extratos sociais. Nascimento e morte, o advento e o ocaso das paixões, a fragilidade dos laços humanos, a movimentação constante a que somos obrigados pela vida moderna são analisados pelo autor, que adentra na alma de seus personagens e os faz contarem seus dramas no âmbito de seus lares e das ruas de suas cidades.

São histórias comoventes, às vezes cruéis, em que os protagonistas aparecem num momento de crise, devendo reagir por meio de uma ação ou ao menos refletir sobre suas circunstâncias a fim de poderem se reorientar e seguir em frente. Seu discurso é denso e verossímil, causando forte impacto, a despeito de o enredo de cada conto não se construir na direção de um clímax em que um evento violento ou melodramático captura com facilidade a atenção e as lágrimas do leitor. Ao contrário, os contos de Adriano Rabelo terminam sempre num anticlímax, embora seus personagens tenham vivenciado eventos e alto teor emocional com grande impacto em suas vidas. Em geral o desfecho se dá numa reflexão acerca dos descaminhos da existência. Nisso há grande identificação por parte do leitor, que certamente já passou por coisa parecida ou conhece alguém que enfrentou crises semelhantes àquelas narradas por esses personagens, buscando uma explicação para seus próprios abismos. Narrar é resistir para poder seguir em frente.

O livro tem recebido críticas muito positivas em publicações especializadas.

Adriano de Paula Rabelo nasceu e se criou em Divinópolis. Tem atuado como professor de literatura em diversas instituições acadêmicas, trabalhando atualmente como professor de Literatura Brasileira na Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais. Possui também diversas publicações no campo do ensaísmo.

O lançamento de “Desabraçar” ocorrerá no dia 10 de novembro, na Boutique do Livro (Av. Antônio Olímpio de Morais, 487, Centro, Divinópolis, telefone (37) 3221-8753), das 10h às 13h. A entrada é gratuita. A obra pode ser adquirida na livraria, no dia do lançamento, ou pelo site da editora: https://editorapatua.minhalojanouol.com.br/produto/11962/desabracar-de-adriano-de-paula-rabelo.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics