Publicidade

Equipe multidisciplinar atenderá atletas do Estrela

Postado em 14/06/2021 17:51

Criação do Departamento de Saúde do Atleta EOC.

O Estrela do Oeste Clube fechou, nesta segunda-feira (14/06), uma parceria para a criação do Departamento de Saúde do Atleta EOC, com o objetivo de oferecer atendimento multidisciplinar aos atletas das equipes de esportes do clube. O departamento será coordenado pela fisioterapeuta Cecilia Ferreira de Aquino, que é doutora em Ciências da Reabilitação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), proprietária da clínica Sports Center e professora da Unifenas, UEMG e UFMG.

O projeto será viabilizado por meio de convênios com as instituições de ensino superior de Divinópolis que oferecem cursos na área da saúde: Unifenas, UEMG, UNA e UFSJ. O atendimento aos atletas será realizado por professores e estagiários dos cursos de educação física, fisioterapia, medicina, nutrição e psicologia, sem nenhum custo para o clube.

O convênio prevê o atendimento multidisciplinar para prevenção e reabilitação de lesões e para o atendimento emergencial em competições esportivas. Os atletas do clube também terão uma avaliação de pré-temporada com o objetivo de identificar fatores de risco para lesões esportivas. “É uma parceria de extrema importância para o clube. Nossos atletas terão assistência de profissionais qualificados para o atendimento em possíveis lesões. O mais importante é que não terá nenhum custo para o clube”, afirmou o presidente do Estrela, Wander de Sousa.

Advertisement

Terceirizado

O Estrela do Oeste Clube começou o processo de terceirização das escolinhas. A missão é incluir novos profissionais para proporcionar ao clube economia eliminando os encargos trabalhistas.

O educador físico, Bruno Márcio Vivas Ribeiro, será o responsável pelas escolinhas. Com passagens pelo Minas Tênis Clube e escolas Integral, Crescer Podium e Roberto Carneiro, Bruno chega com a missão de impulsionar as modalidades esportivas.

Dentro das escolinhas de esportes há uma nova modalidade: handebol. O EOC fechou uma parceria com o professor Ricardo Alexandre da Silva França, o Ricardinho. Duas vezes por semana, o novo professor, que já jogou profissionalmente por vários clubes do país, vai ensinar handebol para associados do clube. Ricardinho é formado em Educação Física pela Universidade Estadual de Minas Gerais e iniciou o mestrado na área. “As parcerias são importantes neste momento. Precisamos cortar os altos custos e terceirizar é o caminho. Hoje não temos como manter altos salários de alguns funcionários com pandemia. Então precisamos equilibrar as contas e as parcerias são o caminho”, disse Wander.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!