Entulhos em córregos é uma ameça no período chuvoso

Postado em 28/01/2020 16:26

A limpeza dos córregos e desobstrução de manilhas foi fundamental para evitar o transbordamento dos ribeirões. De 30 a 40 dias, as equipes da Secretaria Municipal de Operações e Serviços Urbanos (Semsur) retiraram entulhos que poderiam impedir o escoamento da águas das chuvas.

Ao todo foram 18 córregos limpos neste mês. Os primeiros a receberem limpeza, na primeira semana, foram os córregos do Canavial, da Avenida Jk, Bagaço, Martin Cyprien e Lagoa do Sidil. Depois, o Córrego Olhos D’Água e dos bairros Belo Vale, Candelária, São Roque, Bairro Belo Vale e São Judas.

O bom resultado do escoamento, durante as intensas chuvas do último final de semana, foi devido ao trabalho preventivo realizado ao longo dos últimos anos. “Nossas ações em todos os córregos da cidade permitiram que o grande volume d’água se mantivesse nas calhas. As inundações provocadas pelo represamento de córregos são responsáveis por muitos transtornos para a população”, destacou o Diretor de Operações e Serviços Urbanos, Rodrigo Assis.

Os córregos Flecha e Milho também receberam limpeza, além dos ribeirões dos bairros Maria Helena, Del Rey, Tietê, Campina Verde, Santa Rosa, Morada Nova e da Vila João Cota.

Rodrigo Assis alerta sobre os entulhos encontrados nos córregos como sofás, TV’s, armários e outros móveis foram retirados. “Encontramos muitos móveis de casa jogados na passagem dos córregos. Isso compromete o escoamento das águas e a inundação ocorre”, disse.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!