Doença Misteriosa: Investigação de casos de insuficiência renal e alterações neurológicas; saiba situação em Divinópolis

Postado em 09/01/2020 11:51

No dia 30 de dezembro de 2019, o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS Minas) foi notificado da ocorrência de um caso de insuficiência renal aguda com alterações neurológicas, de um paciente internado em um hospital da Capital Mineira.

Em 31 de dezembro, foi notificado um segundo caso, com os mesmos sintomas, de um paciente internado em um hospital de Juiz de Fora. A partir dessas notificações, iniciou-se uma investigação conjunta do CIEVS Minas e CIEVS BH com o objetivo de esclarecimento diagnóstico, e busca de novos casos.

Até 6 de janeiro de 2020, foram notificados 7 casos suspeitos. São pacientes do sexo masculino, com idade entre 23 e 76 anos, 5 residem em Belo Horizonte, 1 em Ubá e 1 em Nova Lima; 6 deles internados em hospitais da região metropolitana de Belo Horizonte e 1 em Juiz de Fora. No dia 7 de janeiro, um dos pacientes foi a óbito em Juiz de Fora, onde estava internado.

CORPO DE VÍTIMA DE DOENÇA MISTERIOSA, EM JUIZ DE FORA, É LIBERADO E LAUDO SAI EM 30 DIAS:

Seis horas e trinta minutos após o início do procedimento de necropsia, ocorrido no Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte, o corpo do bancário aposentado Paschoal Demartini Filho, 55, pôde ser liberado a seus parentes ainda na madrugada desta quinta-feira (9). O resultado do laudo produzido a partir da investigação só deverá ser conhecido nos próximos 30 dias. Internado com os sintomas da ‘síndrome misteriosa’ , ele morreu na noite de terça-feira, 07, em decorrência de uma parada cardíaca associada a complicações neurológicas.

SOBRE AS INVESTIGAÇÕES:

As investigações dos casos seguem por meio de técnicos da Secretaria de Estado de Saúde de Minas (SES-MG) e CIEVS Minas, da Secretaria Municipal de Saúde de BH (CIEVS BH) e do Ministério da Saúde (EpiSUS). Recentemente, foram notificados 2 novos casos: 2 homens (56 e 64 anos de idade), moradores do bairro Buritis, que estão internados em hospital particular de Belo Horizonte. Desde que foi notificada, a Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte acompanha e monitora os casos.

SOBRE OS SINTOMAS:

Pacientes começaram a apresentar problemas gastrointestinais (náusea e dor abdominal). Em seguida, os pacientes sofrem insuficiência renal aguda de evolução rápida (em até 72 horas) somada a alterações neurológicas, como paralisia facial e descendente, borramento visual e amaurose (perda da visão parcial ou totalmente).

 

POSICIONAMENTO DA SECRETARIA DE SAÚDE DE DIVINÓPOLIS SOBRE O CASO:

Em Divinópolis, não há casos da doença misteriosa. Em contato com o Secretário Municipal de Saúde, Amarildo de Sousa, na manhã desta quinta-feira, 09, ele disse que não tem nada a declarar sobre casos em Divinópolis, mas confirmou o alerta por meio da Secretaria de Estado de Saúde, para o município, considerando os casos suspeitos estão sendo investigados em outras cidades. A notificação por parte do Estado foi feita para todos os municípios.

Mais duas notificações de doença misteriosa são informadas; pacientes moram no Buritis

Doença misteriosa faz a primeira vitima, o corpo será levado de Juiz de Fora para necrópsia em BH

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!