Denise Gonzaga ministra Oficina de Canto nesta sexta

Postado em 26/06/2018 16:05

Será realizada nesta sexta-feira, dia 29 de junho, a Oficina de Canto e Consciência Corporal, ministrada por Denise Gonzaga. Ela ocorrerá no Centro Franciscano de Formação e Cultura , Rua Minas Gerais, 572, no Centro.  

A taxa para participar é de R$60,00 e interessados devem confirmar presença pelo telefone (31) 9 8808 3558.

Denise Gonzaga

“Denise Gonzaga, mineira de Divinópolis, exercitando seu canto, fez da sua vida, numa busca incansável, um pacto com a arte e a harmonia.
Consciente de que a perfeição está na eterna procura, dedica parte do seu tempo ao estudo do canto e da música.

Dotada de sensibilidade, disciplina, sempre determinada e exigente, procura fazer de cada apresentação a oportunidade de compartilhar com os ardorosos amantes da música o seu abençoado talento, proporcionando ainda o encantamento que a sua meiguice, a simplicidade e a beleza instigam.”

O interesse pela música iniciou-se ainda na infância. O pai reunia um grupo de amigos músicos para inesquecíveis saraus e, nas reuniões que aconteciam em casa, Denise era expectadora incondicional. Cresceu e acalentou os sonhos de adolescente ouvindo música clássica.

Formada em Direito, preferiu a carreia artística, iniciada em 1998. Estudou canto com os professores Babaya e José Carlos Leal, em Belo Horizonte, Althea Bridges e Antonio Caruso, em Viena, e expressão corporal com Luiz Gomide e Irene Ziviane, em Belo Horizonte.

O primeiro show aconteceu em outubro de 1998, em Divinópolis, iniciando uma trajetória de apresentações pelas cidades mineiras, em especial, Tiradentes, onde se consagrou nos Festivais de Cinema e Gastronomia.

Selecionada “Talento Regional do Circuito Cultural do Banco do Brasil”, apresentou-se acompanhada pela Orquestra de Câmara do Sesiminas interpretando Bachianas n. 05 de Villa Lobos, bem como, em outra apresentação dentro do mesmo projeto, dividiu o palco com Flávio Venturini e João Bosco.

“Tempo & Voz”, seu primeiro CD, dirigido por Túlio Mourão, foi lançado em Belo Horizonte, no teatro do Sesiminas, acompanhada pela Orquestra Musicoop, sob regência de Marco Antônio Drumond e direção de Geraldo Viana.

Como solista convidada, apresentou-se em diversos concertos. No projeto Concertos Telemar, interpretou Bachianas n. 05 de Villa Lobos acompanhada pela Orquestra Sinfônica de Minas Gerais.

Lançou o CD “Memories”, dirigido por Mauro Rodrigues, e o CD “Essência”, com direção de Renato Saldanha, tendo se apresentado em diversas cidades mineiras e em outros estados como São Paulo, Rio Grande do Sul, Sergipe.

No momento, está desenvolvendo o projeto de gravação de um novo CD.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com