Publicidade

Comissão julgadora rejeita recursos em licitação da UPA

Postado em 16/08/2019 9:52

A Comissão Julgadora do processo licitatório para nova gestão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Padre Roberto Cordeiro Martins, em Divinópolis, indeferiu os recursos apresentados pelas empresas: Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (Hmtj) e Instituto Nacional de Pesquisa e Gestão de Saúde (Insaúde). Ficando mantida a decisão que declarou vencedora a Organização Social Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Social (Ibds).

O processo n° 110/2019, será encaminhado à controladoria da prefeitura para análise de todas as etapas. Após a aprovação, será retornada a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), para homologação.

A abertura dos envelopes com as cinco propostas aconteceu no dia 30 de julho. O Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Social (Ibds), de Belo Horizonte, venceu  por apresentar o valor de R$ 91.043.671,20 para 60 meses de serviço, ou seja, o gerenciamento e administração da UPA custará R$ 1.517.394,92 por mês. A proposta foi a que teve menor preço dentro da estimativa da administração e compatível com o praticado no mercado.

No total, 11 empresas se interessaram pela gestão da unidade de saúde. Destas, oito se qualificaram para participar do processo licitatório e cinco entregaram a documentação necessária solicitada pela prefeitura. Atualmente, a gestão da unidade é gerenciada pela Santa Casa de Misericórdia de Formiga.

 

Foto Reprodução

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!