Publicidade

Alunos da Una Divinópolis estudam a revitalização da fachada do São Bento Menni

Postado em 26/03/2021 17:37

Uma estrutura moderna e acolhedora. Assim como a instituição que há 40 anos cuida de pacientes com transtornos mentais de Divinópolis e região, a proposta de revitalização da fachada do Centro Integral de Saúde São Bento Menni traz os valores da instituição e toda sua trajetória. Elaborada pelos alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharias da Faculdade Una Divinópolis, a revitalização faz parte da atuação do projeto Escala, iniciativa voluntária, de alunos e professores, que buscam elaborar projetos inteligentes, sustentáveis e de impacto social.

A estudante do oitavo período do curso de Arquitetura e Urbanismo, Dayana Cristina Pacheco Melo, integrou a equipe que compôs a elaboração do projeto. Ela conta que a proposta da revitalização é trazer mais vida para a fachada, fazer com que a porta de entrada da edificação reflita o objetivo da instituição, que é acolher a ajudar as pessoas em seus momentos mais difíceis e fazer com que os usuários sintam-se acolhidos. “Eu particularmente estou adorando a oportunidade. Para mim, foi um choque de realidade conhecer o local e forma como eles trabalham. Foi uma quebra enorme de paradigmas, a determinação e boa vontade de toda equipe sempre nos motiva”, destaca.

Além de Dayana, outros alunos estiveram envolvidos no projeto, orientados pelos professores Rafael Henriques Campos Dias e Dayana Keitty Carmo Gonçalves. O professor acredita que para além da comunicação entre universidade e sociedade, visando a produção de conhecimentos, a interlocução das atividades acadêmicas de ensino e pesquisa proporcionam ganhos a todos os envolvidos. “Sei que juntos sonhamos com um mundo mais humano, justo e caridoso, onde a saúde física, mental e espiritual seja uma realidade global. Parabéns a todos os envolvidos”, destaca Rafael.

Advertisement

Desenvolvido através da Extensão Universitária, Rafael ressalta que os projetos de extensão são vias de mão dupla, onde os alunos têm a oportunidade se colocar à prova com demandas reais, e no mesmo sentido a comunidade é contemplada com a efetivação voluntária de conhecimentos acadêmico-científicos. “Sabendo da excelência do atendimento no campo da psiquiatria ofertado pelo CISSBM, a comunidade ganha então um espaço físico mais humano, acolhedor, hospitaleiro e funcional, pronto para prestar os devidos cuidados no campo da saúde mental sem quaisquer tipos de distinções”, enfatiza.

Renovação

Segundo a professora Dayana Keitty Carmo Gonçalves, o projeto Escala possibilita ao aluno estar em contato com as demandas da comunidade, desenvolvendo o futuro profissional de forma integral. Para Dayana, esta vivência, em especial, leva os alunos a pensarem além das questões de engenharia e arquitetura e os aspectos sociais da atuação profissional. “É extremamente gratificante poder propiciar aos alunos a oportunidade de transpor a sala de aula para fazer a análise de um caso real! Ainda mais quando esse estudo de caso trata do São Bento Menni, que tem um trabalho de grande impacto e reconhecimento. Percebe-se claramente o desenvolvimento de competências e habilidades não só técnicas, mas, também sociais e emocionais nos alunos”, ressalta.

Para a irmã Luzia Guadalupe, superiora do CISSBM, a revitalização da fachada representa um olhar de inovação sob a perspectiva da atuação do São Bento Menni. “A expressão que nos transmite este projeto congrega com a proposta de ofertar um serviço de excelência ao nosso paciente, que é o núcleo de nossa Missão Hospitaleira. E com esta nova apresentação todos que chegarem ao nosso serviço, se sentirão muito importantes, valorizados e passarão a dar mais valor a si mesmo. Somente um olhar carregado de amor, poderá abrir horizontes com uma acolhida tão expressiva”, finaliza.

Escala
“Escala” é um projeto de extensão universitária que começou a ser desenvolvido em 2020, em meio à pandemia de Covid-19, com a proposta de levar arquitetura e engenharia social para famílias carentes e entidades sem fins lucrativos. Sob orientação da professora Dayana e professor Rafael, os alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Civil buscaram encontrar soluções para projetos, que tragam conforto e dignidade aos usuários deste espaço.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!