29 moradores de rua de Divinópolis retomaram sua vida social normal em 2017

Postado em 20/02/2018 10:20

29 moradores de rua de Divinópolis retomaram sua vida social normal em 2017

Vinte e nove usuários do serviço de acolhimento de alta complexidade deixaram o sistema por terem superado a situação de vulnerabilidade em 2017. É o que aponta o relatório da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semds), divulgado nesta segunda-feira (19/02). De acordo com o estudo 497 usuários foram atendidos durante o ano de 2017.

O relatório mostra que dos 497 usuários em situação de rua atendidos no ano passado, 29 foram desligados do serviço de acolhimento por superação de vulnerabilidade. De acordo com a socióloga da Semds, Sirleia Moreira Tavares, são vários os fatores que determinam a saída da vulnerabilidade. “Muitos usuários são encaminhados para o mercado de trabalho, conseguem um emprego, se mudam para uma casa, ou voltam para suas famílias, ou são encaminhados para tratamento e superam as drogas”, explicou.

O serviço de acolhimento de população de rua da proteção social de alta complexidade é um serviço para adultos e famílias em situação de rua. É um acolhimento provisório com estrutura para acolher pessoas e grupos familiares com privacidade. É previsto para pessoas em situação de rua e desabrigo por abandono, migração e ausência de residência ou pessoas em trânsito e sem condições de se sustentarem.

De acordo com o relatório, 393 usuários atendidos são do sexo masculino e 104 do sexo feminino. Desse total, quatro foram atendidos por tempo superior a 6 meses em 2017. E 147 acolhidos num período inferior a 72 horas. Em relação à grupos familiares 12 foram atendidos.

 —

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com