Cena de incesto revolta telespectadores de novela

Postado em 10/11/2018 14:06

Cena de incesto revolta telespectadores de novela

 

A reta final da novela Segundo Sol terminou sob protestos. A trama, marcada por intermináveis reviravoltas, revelou um grau de parentesco entre o casal Remi (Vladimir Brichta) e Karola (Débora Secco). Após protagonizarem várias cenas de sexo ao longo da novela, os personagens foram expostos ao público como tio e sobrinha.

Remi descobriu ser filho de Severo (Odilon Wagner). Em seguida, Severo revelou ser pai de Laureta (Adriana Esteves) e avô de Karola (Débora Secco). A princípio, o excesso de revelações confunde o telespectador, mas detectar incesto gerou fortes protestos.

Mãe prostituindo filha? Tio em cena erótica com sobrinha? O povo tem de parar de aceitar tanto lixo na TV“, opinou Mariana Salgueiro, ouvinte da Rádio Minas.

A novela se perdeu nos excessos. Colocar Adriana Esteves para interpretar uma mãe de Débora Secco é subestimar a inteligência do telespectador. Saramandaia, novela lúdica dos anos 70, abusava das licenças poéticas e sabia lidar com isso. Não foi o caso de Segundo Sol. Foi a pior novela de João Emanuel“, afirma Dirlene Magalhães, apresentadora do Rádio Mulher, programa vespertino da Rádio Minas.

Incesto

As relações sexuais entre tio e sobrinha foram relatadas de forma natural pela trama. Mesmo após a descoberta do grau de parentesco entre as partes; os personagens Remy e Karola seguiram a se relacionar normalmente. Porém, a Rede Globo não mais transmitiu cenas de sexo sobrinha e tio.

Pela legislação brasileira, o casamento incestuoso é proibido por lei.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics