Caixa fará leilão de 79 imóveis em Minas Gerais no próximo dia 8

Postado em 31/03/2013 8:33

Sessenta e nove imóveis financiados pela Caixa Econômica Federal em Minas Gerais vão a leilão, devido à inadimplência, no próximo dia 8. Em Belo Horizonte, serão ofertadas sete unidades, com preços mínimos que variam de R$ 31 mil a R$ 229 mil.

De acordo com o gerente de Filial de Alienação de Bens Móveis e Imóveis da CEF (Gillie/BH), Maurício Rodrigues da Silva, serão aceitas apenas propostas à vista. O arrematante deverá desembolsar 5% do valor do lance no dia do leilão e os outros 95% em até cinco dias úteis após a compra.

“Não serão aceitos recursos de fundo de garantia, financiamentos ou consórcios. Há, ainda, o desembolso com 5% do valor do lance pagos como comissão ao leiloeiro, que os recebe no dia do leilão. Este valor não integra o lance”, afirma Silva.

Cuidados

Segundo a Caixa, todos os imóveis que serão leiloados em Belo Horizonte estão ocupados. O advogado Frederico Damato afirma que essa situação é muito comum, e, por isso, exige atenção redobrada dos consumidores.

“Nesses casos, o comprador precisa acionar a Justiça e entrar com uma ação de reintegração de posse. É um processo muito desgastante, que pode levar meses. Se o ocupante for um locatário, é preciso respeitar o tempo de contrato”, diz Damato.

De acordo com o advogado, embora pareçam atrativos, os imóveis leiloados demandam cuidados especiais para que não se tornem uma cilada.

“É preciso consultar a certidão de matrícula atualizada, disponível no cartório de registro de imóveis. Por meio dela, é possível conhecer a situação do imóvel”, afirma Damato.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios