Voos comerciais desviam da Venezuela por medo

Postado em 22/02/2019 21:25

A decisão do ditador venezuelano Nicolás Maduro de posicionar mísseis ao longo da fronteira do país causou grandes impactos na aviação sul americana. Após o abate em área de conflito ucraniana de uma Boeing 777 da Malasyan Airlines vitimar 288 pessoas em julho de 2014, o risco de algo similar acontecer na América do Sul fez com que os milhares de voos que passam pela região decidissem evitar o risco.

O site DefesaNet diz que o governo venezuelano posicionou mísseis na fronteira com o Brasil. Ontem, ainda segundo o site, “começaram a ser emitidos sinais dos radares do sistema de defesa aérea S-300” na região do aeroporto de Santa Helena de Uairén.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios