Publicidade

Zé Eduardo pode deixar o Cruzeiro?

Postado em 11/11/2020 12:15

Em meio à punição de registrar novos atletas, o Cruzeiro foi ao mercado e trouxe jogadores que estavam emprestados. Foi assim com Sassá, Marquinhos Gabriel e também Zé Eduardo. Com esse último, o Cruzeiro ainda deixou 15% dos 100% que detinha do jogador para o América-RN, como forma de compensação. Mas passados quase dois meses, o atacante de 21 anos não teve espaço.

Com nove gols em 10 jogos na temporada, antes de chegar ao Cruzeiro, Zé Eduardo pode atuar por apenas 20 minutos pela Raposa no empate sem gols com o Oeste, ainda no time comandado por Ney Franco.

Depois, não teve mais chances de atuar nos seis jogos posteriores. A chegada de Felipão não mudou o panorama, e o atacante não foi utilizado. Antes de chegar, ele tinha a melhor média entre os centroavantes do Cruzeiro.

O América-RN, inclusive, já mostrou interesse no retorno do jogador, que continua subutilizado no time, após esforços do clube em trazê-lo de volta. O clube potiguar aguarda um aval da Raposa para ter o jogador novamente. Questionado, Felipão justificou:

“Quanto a outros jogadores que jogam ou não jogam, são observados nos treinos e dentro de partidas, dentro do que imaginamos contra adversários, e tentamos colocar aqueles que são escolhidos para determinados jogos por conta de uma situação ou outra”.

Quem perdeu espaço no ataque também foi Thiago. O jogador, que encerrou a formação na base do Cruzeiro, passou a não ter chances com a chegada de Sassá. Contra o Guarani, com a ausência de Moreno, atuou no segundo tempo e foi elogiado por Felipão.

“Eu não posso colocar 20 em campo. Então, eu vou colocando aqueles que eu acho que, para determinados jogos, são os mais talhados, e dependendo dos treinamentos e da situação da partida. O Thiago, se foi colocado para jogar no Sub-20, é porque nós vínhamos observando e o colocamos lá para ganhar um pouco mais de ritmo. O Thiago entrou muito bem, fez aquele pivô. É um jogador alto e forte, e precisávamos de alguém para a bola área, porque tínhamos um a menos. Ele fez o papel dele, e eu fiquei muito satisfeito”.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!