Publicidade

Urgente: Enderson Moreira não é mais treinador do Cruzeiro.

Postado em 08/09/2020 12:35

BANNER FUTEBOL AGOSTO 2020

O técnico Enderson Moreira não resistiu à pressão pelos maus resultados e não é mais técnico do Cruzeiro. A decisão foi comunicada pela diretoria do clube mineiro, após mais um tropeço da Raposa na Série B. Nessa segunda-feira, o time empatou com o CRB em 1 a 1, no Mineirão, completando seis jogos, em sequência, sem vitória na temporada.

“O Cruzeiro Esporte Clube informa que, após reunião realizada na manhã desta terça-feira, foi decidido que Enderson Moreira não seguirá no cargo de treinador da equipe de futebol profissional”.

A decisão pela saída de Enderson Moreira foi tomada em uma reunião na sede do Cruzeiro, com a presença do próprio treinador, do presidente Sérgio Santos Rodrigues e dos dirigentes Edson Potsch e Deivid. A multa rescisória prevista em contrato é de R$ 350 mil.

Enderson foi contratado pelo Cruzeiro no dia 18 de março, três dias depois da saída de Adilson Batista, demitido após a derrota para o Coimbra, pelo Campeonato Mineiro. Enderson deixa o clube mineiro de forma parecida, com bastidores complicados. Ele comandou a equipe em 12 partidas, com seis vitórias, três empates e três derrotas.

Com o trabalho que pode só ser visto pela torcida a partir de 26 de julho, quando o futebol foi retomado após a paralisação por causa da pandemia do novo coronavírus, Enderson começou bem, obtendo seis vitórias seguidas (três pelo Campeonato Mineiro – URT, Caldense e Patrocinense – e três pela Série B – Botafogo/SP, Guarani e Figueirense).

Entretanto, foi pesando contra o treinador o fato de não ter conseguido levar o time às semifinais (mesmo com o clube já sabendo da grande possibilidade disso acontecer) e também a sequência de seis resultados ruins nas últimas semanas.

Com Enderson, pela Série B, o Cruzeiro perdeu para a Chapecoense (1 a 0, no Mineirão), empatou com o Confiança (1 a 1, em Aracaju), perdeu o clássico para o América (2 a 1, no Mineirão), foi derrotado no duelo com o Brasil de Pelotas (1 a 0, no Sul) e empatou o jogo desta segunda-feira com o CRB. Além disso, nova igualdade, também em 1 a 1 com o mesmo CRB, em Maceió, marcou a eliminação da equipe mineira na Copa do Brasil, completando a sequência de jogos sem vitória.

Somado aos últimos resultados ruins também está o criticado futebol do Cruzeiro. Sem criatividade, cometendo falhas defensivas e com alguns jogadores tendo baixo rendimento, Enderson passou a ser cada vez mais criticado nos bastidores. O estopim foi o pedido de demissão por parte do maior patrocinador do Cruzeiro e homem forte nos bastidores do clube, o empresário Pedro Lourenço, após a derrota com má atuação contra o América.

Foto Twitter Oficial Cruzeiro

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!