Publicidade

São Paulo quebra longo jejum e é Campeão Paulista

Postado em 24/05/2021 13:16

Respire aliviado, torcedor do São Paulo! Depois de 3.084 dias de espera, é hora de soltar o grito de campeão. O Tricolor colocou fim a mais de oito anos de fila e conquistou o Campeonato Paulista ao vencer o Palmeiras por 2 a 0, neste domingo, no Morumbi, com um gol de Luan e outro de Luciano. Mas representa muito mais do que isso: é o início do resgate de um clube que sofreu com eliminações frustrantes, perdas sentidas e os maiores rivais levantando taças. É o primeiro título do São Paulo desde a Copa Sul-Americana de 2012. E o primeiro Paulistão desde 2005 – ano de gloriosas lembranças para os tricolores, com conquistas de Libertadores e Mundial de Clubes. Um início perfeito para o técnico Hernán Crespo, que ajudou a mudar o destino do São Paulo dentro de campo.

O São Paulo agora iguala o Santos na terceira posição dos maiores campeões, com 22 títulos. O Palmeiras tem 23, enquanto o Corinthians continua com 30.

Advertisement

Com a melhor campanha do Paulistão desde a primeira fase, o São Paulo teve vários destaques sob comando de Hernán Crespo. Na final, dois brilharam: o volante Luan, cria da base que abriu o placar, e Luciano, novamente decisivo, com o gol que selou o título no segundo tempo. Recém-recuperado de lesão, o atacante entrou no meio da partida e acabou com a final. O técnico argentino, porém, trouxe experiência, uma nova mentalidade e foi o grande nome no resgate do Tricolor em 2021.

A derrota na final do Campeonato Paulista impõe ao Palmeiras seu terceiro vice-campeonato seguido. O time de Abel Ferreira, atual campeão da Libertadores e da Copa do Brasil, vem de derrotas recentes na Recopa Sul-Americana e na Supercopa do Brasil.

Em um jogo muito cauteloso dos dois times – assim como já havia sido no Allianz Parque –, o Palmeiras teve ligeira vantagem ao subir a marcação, morder a saída de bola do São Paulo e criar chances a partir de roubadas de bola. Numa delas, Danilo Barbosa recebeu na entrada da área e chutou para fora. A temperatura chegou a aumentar após Liziero acertar o braço em Rony e receber uma encarada do técnico Abel Ferreira – o árbitro Raphael Claus deu cartão para o são-paulino, controlou a confusão e apitou o restante do primeiro tempo sem problemas. No duelo de estudos, o que fez a diferença foi arriscar de longe: Luan, aos 36 minutos, aproveitou sobra na entrada da área, arriscou, viu a bola desviar em Felipe Melo e tirar Weverton do lance.

Abel Ferreira voltou com Danilo e Patrick de Paula nas vagas de Felipe Melo e Danilo Barbosa, deixando o meio-campo alviverde mais leve e com chegada ao ataque. O São Paulo, porém, conseguiu se fechar bem e neutralizar as infiltrações do Palmeiras, que aos poucos foi percebendo a dificuldade que teria para chegar ao gol de Tiago Volpi. O Tricolor, por outro lado, teve mais espaços para atacar e aproveitou com Luciano, que entrou no segundo tempo, recebeu passe de Rodrigo Nestor e tocou na saída de Weverton para fechar o placar e confirmar o título são-paulino.

Pelo título do Campeonato Paulista, o São Paulo vai receber um prêmio de R$ 3,5 milhões. O Palmeiras, vice-campeão, vai ganhar R$ 1,154 milhão. Inicialmente, a premiação ao campeão era de R$ 5 milhões, mas recentemente a Federação Paulista de Futebol anunciou mudanças por conta da pandemia de Covid-19.

Imagem de raphaelsilva por Pixabay

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!