Repórter Oliveira Lima é destaque na imprensa nacional

Postado em 11/03/2019 11:51

 

 

Na vitória sobre o Tombense por 2 a 0, com gols de Sassá e David, o grande destaque individual do Cruzeiro neste domingo, pela nona rodada do Campeonato Mineiro, foi o goleiro Rafael. O reserva imediato de Fábio fez sua estreia na temporada 2019 e não sentiu a falta de ritmo. No segundo tempo, em especial, ele impediu a reação do time do interior no placar, fez ao menos quatro defesas difíceis e ainda pegou um pênalti cobrado pelo meia Juan. 

Em sua entrevista coletiva, o técnico Mano Menezes foi perguntado se Rafael seria titular em boa parte dos times do Brasil. A “provocação” do repórter Oliveira Lima, da Rádio Minas, acabou extraindo do comandante uma revelação: o goleiro esteve na mira de um grande clube há duas semanas.
 
“Vamos acordar que, todo mundo aqui sabe, que a gente só pode jogar com um goleiro, né? (risos) Partindo desse pressuposto, ou vai ser Fábio ou vai ser Rafael. Eu já tive a felicidade de ter os dois como titulares. (…) Penso que seria Rafael titular em boa parte dos clubes do Brasil. Aliás, há duas semanas, recebi uma consulta se nós o liberaríamos para ser provavelmente titular em um dos grandes clubes do Brasil”, disse Mano Menezes.
 
O treinador só não quis revelar o clube interessado. “Não, não, não. Foi só a comprovação de que ele seria titular em grandes clubes do Brasil. (risos)”, completou Mano Menezes.
 
Ao fim do jogo, Rafael admitiu que guardará na memória a atuação diante do Tombense. “Estou feliz, é um jogo que vou guardar com muito carinho pela vitória, o time jogou muito bem, e feliz em poder fazer minha estreia este ano. Primeiro jogo este ano e ter ajudado a equipe a sair com a vitória, e pegando um pênalti ainda, foi muito bom”.
 
Rafael agradeceu muito os preparadores de goleiros Robertinho e Leandro Freitas pelo nível que atingiu na carreira, mesmo sendo reserva de Fábio e não tendo o ritmo de jogo ideal. “Eu tenho que dar muito crédito e agradecer muito ao Robertinho e ao Leandro, são dois caras excepcionais, nossos treinadores de goleiros. Vocês que acompanham na Toca sabem o quanto eles exigem de nós, e com certeza é isso. Faz com que estejamos na melhor condição para entrar em campo e fazer o nosso melhor”.
 
Rafael completou neste domingo 109 jogos com a camisa do Cruzeiro. Em 2016, ele chegou a assumir a condição de titular do Cruzeiro diante de uma lesão no joelho que tirou Fábio de combate por oito meses.

Antes de atuar contra o Tombense, Rafael tinha jogado pela última vez na rodada final do Campeonato Brasileiro de 2018, no empate por 0 a 0 com o Bahia, em Salvador.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com