Publicidade

Rápido e rasteiro. Atlético anuncia Jorge Sampaoli como novo técnico.

Postado em 01/03/2020 15:37

Agora, sim! A direção do Atlético e o técnico Jorge Sampaoli chegaram a um acordo neste domingo. O treinador argentino acertou a contratação com a cúpula do Galo e assume a vaga, antes ocupada pelo venezuelano Rafael Dudamel. O vínculo será assinado formalmente nesta segunda-feira ou, no mais tardar, na terça pela manhã.

O acordo foi definido em encontro na casa do empresário Renato Salvador, líder de um dos grupos parceiros do clube na contratação. Após a publicação da notícia, Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG, usou as redes sociais para oficializar a contratação de Jorge Sampaoli.

A estreia de Sampaoli no comando do Galo será no próximo sábado, às 19h00, no Mineirão, diante do Cruzeiro, em clássico válido pela oitava rodada do Campeonato Mineiro. 

Depois da eliminação na Copa do Brasil, para o Afogados-PE, a diretoria do Atlético-MG demitiu Dudamel, comissão técnica, além de Rui Costa, ex-diretor de futebol do clube, e Marques, que ocupava oposto de gerente de futebol. As demissões ocorreram na madrugada de quinta-feira, com a delegação ainda no interior de Pernambuco.

Sampaoli estava na cidade natal, em Casilda, próximo a Rosário, em Santa Fe, na Argentina. O Atlético precisou contar com a ajuda de investidores para atingir os valores pedidos pelo argentino. Os custos serão de mais de R$ 1 milhão por mês para Sampaoli e sua comitiva.

Nas tratativas, assim como antes, o Galo terá o suporte financeiro de conselheiros que também são parceiros comerciais do clube por meio de empresas, como a construtora MRV, parceira do Galo na construção do novo estádio, e o Hospital Mater Dei.

Aos 59 anos, Jorge Sampaoli estreou no futebol brasileiro no início do ano passado, onde foi vice-campeão na última edição do Campeonato Brasileiro. 

O argentino chegou a ser pretendido pelo Palmeiras, antes de abrir conversas com o Galo. Sampaoli foi jogador de equipes amadoras na Argentina. Estreou como técnico Alazan, equipe de pouco destaque no país vizinho. O treinador ganhou visibilidade quando passou pela Universidad de Chile, onde venceu o Campeonato Chileno, em duas oportunidades, e a Copa Sul-Americana.

O passo seguinte foi comandar a seleção chilena, que conquistou a Copa América de 2015 e quase surpreendeu o Brasil, nas oitavas de final, da Copa do Mundo de 2014, em pleno Mineirão. Em 2016, ele dirigiu o Sevilla, da Espanha, classificando o time para a Liga dos Campeões.
 
 
Foto: Twitter do presidente do Atlético
 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!