Publicidade

Presidente viaja e crise no Cruzeiro aumenta.

Postado em 23/09/2021 13:08

O Cruzeiro voltou a ter salários atrasados com jogadores e funcionários administrativos. Os profissionais convivem com dois meses de atraso. Já com os jovens das categorias de base, do futebol feminino e do administrativo, os débitos chegam a quatro meses.

Em nota, o Cruzeiro afirmou que “é de conhecimento público que o Cruzeiro possui pendências em aberto com seus colaboradores. No entanto, a diretoria tem trabalhado incansavelmente para regularizar essa situação o quanto antes e mantido diálogos recorrentes com profissionais de todas as áreas”.

Advertisement

Quando assumiu o comando do time, o técnico Vanderlei Luxemburgo exigiu que os salários fossem pagos em dia. Na época, com ajuda de um patrocinador, o clube mineiro chegou a quitar boa parte dos valores em aberto.

O Cruzeiro continua com momento conturbado fora de campo. O clube voltou a atrasar os salários e vê a lista de processos na Justiça do Trabalho crescer. O presidente do clube Sérgio Santos Rodrigues comentou sobre a situação financeira e também sobre o desejo de contar com Vanderlei Luxemburgo para 2022.

“A situação dos salários é complicada, todo mundo sabe. Quando o Luxemburgo veio, a gente teve uma ajuda de um parceiro nosso, que todo mundo sabe. Não foi o suficiente para colocar tudo, 100% em dia, mas ajudou bastante. Ficou ainda algum atraso. Enfim, e continuamos com esse atraso. A gente trabalha, corre atrás, para colocar isso em dia, sempre deixando claro que é a prioridade do clube”.

O mandatário ainda afirmou que a situação envolvendo a pandemia e as dívidas do clube – em dólar – aumentaram o passivo do clube. Ele ressaltou, porém, que hoje a situação é bem melhor que encontrou quando assumiu o Cruzeiro.

Além disso, o dirigente também comentou sobre o desejo de contar com Vanderlei Luxemburgo para a temporada de 2022, mas ainda não há definição. Na visão do presidente, Luxa é o nome ideal para comandar o Cruzeiro pelo ótimo trabalho que vem fazendo em 2021.

“O Luxemburgo está fazendo um ótimo trabalho no Cruzeiro. Um projeto de 2022, a gente vai sentar e, obviamente, a prioridade é conversar com ele, que está fazendo um bom trabalho no clube, que é bem quisto no clube, e entender a vontade dele, mas da nossa parte, certeza. A gente gosta muito do Vanderlei, independentemente do que acontecer, a gente vai tentar conversar para construir um projeto, juntos para o ano que vem”.

A entrevista de Sérgio Santos Rodrigues foi concedida da Espanha. Atualmente, o presidente do Cruzeiro está na Europa para realizar um curso da FIFA. Nas redes sociais, ele compartilhou um encontro com Emílio Butragueño – ex-jogador e vice-presidente esportivo do clube espanhol. Ele foi criticado após a postagem, mas justificou que a viagem é também uma forma de trabalhar pelo clube.

“Eu faço um curso pela FIFA. Aliás, eu fui um dos poucos brasileiros selecionados no mundo inteiro para poder fazer esse curso, e desta vez nós tivemos o modo presencial em Madrid. É uma viagem que já está marcada há muito tempo. Espanta quando isso vira notícia, até de forma maldosa. Uma viagem de cunho particular, que aproveito para fazer compromissos institucionais também. A gente acaba conversando com muita gente, com empresários, para colocar o Cruzeiro em um cenário de volta à credibilidade que ele perdeu há muito tempo”.

FUTEBOL MINAS FM

FUTEBOL MINAS FM

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade