Poderia ter sido histórico, mas América fica na série B em 2020

Postado em 02/12/2019 12:07

Não deu para o América. O Coelho foi derrotado pelo São Bento, sábado(30), por 2 a 1, jogando no Independência, para mais de 20 mil pessoas, e não conseguiu o acesso à Série A.

O técnico Felipe Conceição admite que a derrota foi dura, mas faz questão de exaltar a campanha de recuperação da equipe alviverde, que chegou a ocupar a lanterna da competição por seis rodadas e passou 15 das 38 partidas na zona de rebaixamento.

“Foram 17 ou 16 vitórias, se não me engano. A campanha de recuperação que fez , ela não deve ser criticada. O trabalho foi muito bom. “

“Se você olhar friamente os números, nós perdemos nove rodadas, e isso pesa. Nós jogamos no limite o tempo todo. Essa equipe não merece ser criticada por uma derrota, duas ou três em casa, desde que eu assumi, e duas fora. No final, queríamos algo mais, mas não conseguimos. Estava nas nossas mãos, mas não conseguimos”.

O adversário, já rebaixado para a Série C, precisou de apenas dois contra-ataques para chegar ao placar de 2 a 0. Duas bolas que criaram um clima de desconforto emocional aos atletas do América, que precisava de um empate – já que o rival direto na luta pelo acesso, Atlético-GO, também estava empatando. E foi o lado emocional, na visão de Conceição, que pesou durante a partida.

“Com certeza a tensão da partida, o nervosismo, tomar o gol no primeiro tempo com um chute no gol (pesaram), isso mexe com a cabeça dos atletas e faz com que crie essa instabilidade emocional. Eles cumpriram muitas coisas que eu pedi, sim, tivemos oportunidades de gol e, infelizmente, não concluímos, e o adversário foi lá em duas situações e concluiu”.

Com contrato renovado até o fim da próxima temporada, o treinador que tirou o Coelho da possível queda para a terceira divisão e levou, até o último minuto, à chance de voltar à Série A, revela um misto de sentimentos após o apito final.

“Eu estou com uma mistura de frustração pelo resultado, mas de uma gratidão enorme pelo o que nós construímos junto com o grupo.”

“Já passei por tanta coisa na vida. Lógico que dói, vai doer muito ainda, principalmente porque nós vamos entrar de férias e não dá para ter o próximo jogo na semana que vem, mas longe disso”.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!