No Atlético, Papagaio terá a primeira chance como titular

Postado em 16/08/2019 14:43

O Atlético-MG irá com força quase máxima para Curitiba, onde enfrenta o Athlético-PR, neste sábado, às 19h (de Brasília), na Arena da Baixada, pela 15ª rodada do Brasileirão. O técnico Rodrigo Santana confirmou que o time terá apenas dois desfalques: Jair, que ainda trata de um problema no adutor, e Ricardo Oliveira, que será poupado. Com isso, o Galo que joga no Paraná terá:

Cleiton; Guga, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Ramón Martínez; Cazares, Elias, Vinícius e Chará; Papagaio.

A escolha pela preservação de Ricardo Oliveira desse jogo é pensando no La Equidad-COL, pela Sul-Americana. O jogo de ida será na terça-feira, na Colômbia, por isso Papagaio ganha sua primeira oportunidade entre os titulares desde que chegou ao Galo, em fevereiro.

– O Ricardo é um jogador muito importante, e a gente sabe da importância de terça, onde a margem de erro tem que ser mínima. O Ricardo usa seu limite em todo o jogo. De repente, a gente leva em Curitiba, pode faltar um pouco de gás para terça-feira. A gente procurou preservá-lo e a nossa ideia é essa. O Papagaio vive um bom momento. O jogo é rápido, devido ao gramado. Vamos precisar de muita marcação sem a bola, e por isso vamos com o Papagaio.

A opção por Papagaio e não por Alerrandro, que tem mais jogos neste ano, é pela melhor recomposição defensiva e também pela maior força física do atacante, que está emprestado pelo Palmeiras até o fim do ano.

“Essa opção é porque é um jogo fora de casa e vamos ter que marcar um pouco mais. Pelo nível de força e competitividade, a gente está optando pelo Papagaio. Se tivéssemos que sair um pouco mais, ai jogaria o Alerrandro. Ele também vem entrando muito bem nos jogos e ainda não teve essa oportunidade. Vamos procurar dar essa chance e a gente espera que ele aproveite da melhor maneira possível”, explica Rodrigo Santana.

Para poder manter a sequência invicta pós-Copa América no Brasileirão e conquistar um bom resultado contra o Athlético-PR, Rodrigo Santana cobra atenção e organização do time, mas garante que o Galo não vai ficar só atrás, marcando.

“A gente tem que ter muita atenção, temos que ir muito fortes. Eles sabem jogar dentro de casa, explorar o ritmo do jogo. O aproveitamento deles em casa é muito grande. A grande maioria do elenco já atuou lá, sabe como é. Temos que manter a organização. Sabemos que não podemos dar mole e temos que encaixar o nosso jogo também. Não vamos só marcar. Vamos marcar e jogar. Vai ser difícil, mas temos que impor nosso ritmo também”,  completou o treinador.

O Atlético é o quarto colocado no Brasileirão, com 27 pontos. Caso vença, o Galo pode terminar a rodada na vice-liderança, atrás apenas do Santos.

 
 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!