No Atlético agora é Jair e +10

Postado em 19/07/2019 12:31

A vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, nessa quarta-feira, no Independência, não foi suficiente para o Atlético-MG avançar na Copa do Brasil, mas foi muito proveitosa para um dos destaques do jogo: Jair. O volante fez uma excelente partida e saiu do Independência com moral. Recebeu, inclusive, elogios de dirigentes do Galo. O presidente Sérgio Sette Câmara e o diretor de futebol Rui Costa destacaram o jogador, que foi comparado, inclusive, a um ídolo do clube: Gilberto Silva.

Fiquei muito feliz de ver a partida do Jair. Um jogador diferente. Guardadas as proporções, me lembra muito a forma como o Gilberto Silva jogava, com passadas largas. Um jogador frio, consciente. No meu modo de ver, talvez tenha sido o melhor em campo – disse Sette Câmara.

– Não gosto de falar individualmente, mas se tem um volante do mesmo nível do Jair no Brasil, hoje, temos que prestar muita atenção. O que o Jair está jogando é algo extraordinário – completou Rui Costa.

No dia seguinte, em coletiva de imprensa na Cidade do Galo, Jair fez uma autoavaliação de seu desempenho no clássico.

– Acho que foi um dos melhores (jogos pelo Atlético), sim. Aos poucos eu venho pegando confiança e ritmo de jogo. Essa parada (para a Copa América) foi boa pra treinar bastante, condicionar bem. A gente está numa evolução. Com o entrosamento, aos poucos a gente vai melhorando.

Contra o Cruzeiro, Jair ganhou a vaga de Zé Welison e jogou como um primeiro volante, com Elias ao lado. É uma opção, mas o ex-Sport também joga como segundo homem de meio-campo. Nessa posição, vira concorrente de Elias. Fato é que, considerando o excelente jogo de Jair, é difícil imaginar que, nos próximos jogos, ele volte para o banco de reservas.

– Me sinto tranquilo (jogando como primeiro volante), me senti bem. Tanto de primeiro como de segundo homem no meio-campo eu posso jogar. Estou à disposição. Onde a comissão do Rodrigo achar que eu posso jogar, quero ajudar – avaliou o volante.
 
A missão de encontrar o melhor encaixe para o setor de marcação do meio-campo atleticano é de Rodrigo Santana. Mas Jair, na bola, deu seu recado: tem vaga no time.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com