Publicidade

Hoje tem Galo X Cerro Porteño, com transmissão pela Rádio Minas FM

Postado em 06/03/2019 11:57

Ausente em 2018, o Atlético volta a disputar a fase de grupos da Copa Libertadores com o pensamento de reescrever a história vitoriosa em 2013, quando conquistou o título inédito e alcançou a maior glória nos quase 111 anos de existência.

Depois de passar por duas etapas eliminatórias, o Galo garantiu presença na principal competição do continente e tem estreia diante da torcida, nesta quarta-feira de cinzas, às 19h15, diante do Cerro Porteño. Desta vez, o palco será diferente, mas não desconhecido. Sai o Independência, o ‘caldeirão’ da torcida, e entra em cena o Mineirão. 

Advertisement

 

A diretoria decidiu mudar o local das partidas do Galo em BH na fase de grupos, para privilegiar a torcida em um momento importante do clube. Se no campo do Horto há limitação para 22 mil pessoas, o Atlético projeta levar ao menos o dobro para o Mineirão. Se por um lado criou uma identidade no Independência, tratando-o como autêntica ‘casa’, por outro o alvinegro construiu parte de sua história no Gigante da Pampulha, palco de conquistas como a própria Libertadores de 2013, a Copa do Brasil de 2014 e a Recopa, em 2014. 

O objetivo do Atlético é reescrever a trajetória vitoriosa no Mineirão a partir da estreia na fase de grupos. Além de injetar ânimo nos torcedores, vão comparecer em bom número, os jogadores também tratam o novo palco como um fato positivo, que dará motivação ao grupo para começar bem a participação na edição deste ano. “Jogar com campo cheio é sempre bom, muitos vêm de longe para ver o nosso time, então temos que fazer o melhor para ganhar e dar alegria aos torcedores”, disse o meia-atacante Cazares. 

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade